Doncic Hurts, Kawhi gerencia o jogo, Clippers abre 2-1 sobre Mavericks | nba

A série marcada pelo confronto entre os dois ataques mais eficientes da NBA continuou com grande intensidade na sexta-feira. E com a estrela eslovena Luka Doncic em uma rara noite em que tudo dá errado, os Clippers aproveitaram a oportunidade para dominar com Kawhi Leonard, vencendo 130 a 122 para desencadear a série: 2 a 1. The Klaw, ou “The Claw”, Como é chamado, Leonard fez 36 pontos, 9 rebotes, 8 assistências, 2 roubos de bola e 1 toco.

Los Angeles Clippers x Dallas Mavericks – Kawhi – Foto: Garrett Ellwood / Getty Images

Não era a noite de Luka Doncic. Apesar de ter conseguido um triplo-duplo de 13 pontos, 10 rebotes e 10 assistências, o esloveno não conseguiu dar andamento ao jogo, lutou com Montrelz Harrell, acertou o árbitro e finalmente teve uma nova entorse no tornozelo. Mesmo sem o ás, os Mavericks foram corajosos e fizeram seu ataque eficiente perturbar os Clippers. Porzingis teve uma ótima noite, com 34 pontos e 13 rebotes, assim como Tim Hardaway Jr, com 22 pontos.

Já o time californiano fez um dos melhores jogos de Leonard da temporada. O craque, que tem apenas um triplo-duplo em sua carreira, ficou perto do segundo lugar. Ele comandou o time corretamente, atacou o ringue e cobrou a responsabilidade. Também vale a pena notar o fato de que seis jogadores além de Kawhi marcaram pontos de dois dígitos. Landry Shamet se destacou com 18.

Luka Doncic machuca o tornozelo esquerdo
Com 3:58 restantes, Doncic torceu o tornozelo esquerdo, assim como no jogo 1, e saiu mancando da quadra, incapaz de colocar o pé no chão.

Patrick Beverley foi desfalque
Com um estiramento na panturrilha esquerda, o armador, um dos melhores defensores da NBA, saiu da ação para o Clippers e não deve retornar na série.

Caiu, levante-se! Resiliência é a força do Clippers
Os Clippers são a equipe de resiliência. Depois de sofrer uma derrota, a equipe tem enorme resiliência, vencendo 20 dos 23 jogos após uma derrota na temporada regular. É o terceiro melhor desempenho da NBA neste contexto.

O perigoso Kawhi contra o Mavericks
Em três jogos contra o Mavericks nesta temporada, Kawhi teve uma média de 31 pontos e 8,3 rebotes. Médias que foram ainda mais altas após o quarto jogo dominante.

(2º) LA Clippers 1 x 1 Dallas Mavericks (7º)
Jogo 1: Clippers 118 x 110 Mavericks
Jogo 2: Clippers 114 x 127 Mavericks
Jogo 3: Mavericks 122 x 130 Clippers
Jogo 4: Domingo (23/08) Mavericks x Clippers, 16h30
Jogo 5 *: terça-feira (25/08) Clippers x Mavericks, TBD
Jogo 6 *: quinta-feira (27/08) Mavericks x Clippers, TBD
Jogo 7 *: sábado (29/08) Clippers x Mavericks, TBD

1º quarto: equilíbrio e clima quente entre Doncic e Harrell
O primeiro trimestre contou com os dois melhores jogadores desta série: Luka Doncic e Kawhi Leonard. As estrelas conduziram as suas equipas num início de jogo equilibrado, em que o grande jogo foi a tônica, principalmente os Clippers. Doncic esfriou depois de um caso com Harrell em que ambos foram sujos.

Estava calor e logo depois foi Porzingis quem brigou com Marcus Morris. Os Mavs marcaram 7-0 e saíram da frente a pouco mais de 2 minutos do final do período, que terminou empatado em 23-23 com a cesta de Leonard, 8 pontos.

2º quarto: Kawhi Leonard assume o controle e os Clippers abrem a liderança
Saindo do banco, Seth Curry roubou a cena ajudando Dallas a ficar por cima dos Clippers, que assumiram a liderança nos primeiros minutos da sala. O gigante Boban Marjanovic também apareceu bem. Entre as manchetes, Porzingis liderou o ataque. No Clippers, se Kawhi descansasse, Paul George tentaria se redimir do jogo ruim de quarta-feira.

Landry Shamet ergueu o assento dos Clippers com uma enterrada de duas mãos. A resposta de Dallas veio através de seu banco reserva, que marcou de forma equilibrada mantendo Los Angeles no espelho retrovisor. Apenas o retorno de Kawhi foi pesado e, em uma enterrada de transição, sua equipe abriu 9 pontos, a maior vantagem da noite. No final do primeiro tempo, os Clippers venceram por 68 a 54. Kawhi fez 18 pontos e Porzingis 12.

3º quarto – Kawhi continua sua noite mágica e Doncic se machuca
Luka Doncic e Kristaps Porzingis abriram a sala a plena capacidade, com duas jogadas que terminaram com enterradas letãs. Mesmo sem marcar nos primeiros 2 minutos, o Clippers ainda tinha uma vantagem de 8 pontos.

Doncic viveu uma noite em que as coisas não estavam fluindo, o esloveno respondeu ao árbitro e viu o Dallas se afastar no placar. Kawhi Leonard mostrou seu lado como traficante, encontrando parceiros no lado fraco do ataque.

Com 3:58 restantes, Doncic torceu o tornozelo esquerdo, assim como no jogo 1, e saiu mancando da quadra, incapaz de colocar o pé no chão. Porzingis, Tim Hardaway Jr e Seth Curry mantiveram as esperanças dos Mavs. Doncic voltou do vestiário e deu à equipe um pouco de perspectiva. No final do terceiro quarto, o Los Angeles venceu por 102-85.

Quarto quarto: Clippers confirmam vitória
No quarto período, os Clippers conseguiram segurar a vantagem por 15 pontos faltando 8 minutos para o fim, quando Doncic desistiu do jogo e voltou para o vestiário. Mesmo sem sua maior estrela, Dallas foi corajoso. Ele continuou a lutar para reduzir a distância com bom movimento e espaçamento de bola. A liderança caiu para 8 pontos, mas Kawhi se escondeu com um triplo. Faltando 2 minutos para o fim e 13 pontos para o fim, a vitória dos Clippers tornou-se uma questão de tempo.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *