Doria anuncia investimentos de R $ 6 bilhões nas ferrovias da RUMO Logística

Entre as intervenções estão duplicação, reativação de trechos inativos, modernização de pátios e investimentos em estradas. Como havia mostrado Diário de remessa, o Ministério da Infraestrutura aprovou o arcabouço em REIDI para o setor de transportes – Ferroviário, do projeto proposto pela Rumo Malha Paulista S / A.

BASE DE ADAMO / WILLIAN MOREIRA

Alexandre Pelegi colaborou

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, 19 de agosto de 2020, investimentos de R $ 6 bilhões na malha ferroviária do estado.

Os recursos virão da empresa Rumo Logística e foram inseridos, segundo Doria, no programa de recuperação econômica 2021/2022, que foi anunciado na semana passada com boa parte das obras e investimentos que o governo já havia apresentado em ocasiões anteriores.

Lembrar:

https://diariodotransporte.com.br/2020/10/16/doria-lanca-pacote-de-retomada-com-19-projetos-de-concessoes-incluindo-transportes/

Entre as intervenções anunciadas pela RUMO nesta segunda-feira estão a duplicação, a reativação de troços inactivos, a modernização de pátios e investimentos em estradas.

De acordo com o edital, devem ser beneficiados 72 municípios, como Campinas, Catanduva, Cubatão, Limeira, São Carlos, São José do Rio Preto e Votuporanga, “Melhorando a vida de cinco milhões de pessoas.”

Entre os ramais a serem reativados, segundo nota do governo estadual, estão Colômbia-Pradópolis (185,6 km) e Panorama-Bauru (369,1 km), que fazem o percurso do estado até o Porto de Santos. No primeiro caso, a filial passa por cruzamentos logísticos em Bebedouro e Barretos; na segunda, passa por cidades como Bauru e Dracena.

A estimativa é que os investimentos gerem 134 mil empregos.

“Essa ação solidifica a posição do Estado de São Paulo como principal corredor agroindustrial de exportação” – disse Doria

Na mesma conferência de imprensa, o presidente da RUMO Logística, João Alberto Abreu, prometeu uma velocidade média das rotas de carga de 60 km / he a ampliação da capacidade de 35 milhões de toneladas anuais para 75 milhões de toneladas.

Além de produtos da região de Mato Grosso, virão mercadorias de Goiás e região.

O executivo destacou a implantação de anéis ferroviários para reduzir o impacto do transporte de cargas nos ramos de passageiros.

O benefício ambiental também foi citado por Abreu.

A apresentação mostrou uma compactação entre caminhão e trem.

Um caminhão de grãos transporta 28 toneladas de carga e um caminhão de grãos transporta 100 toneladas.

Assim, um trem de 100 vagões transporta 10.000 toneladas de carga, o equivalente a 357 caminhões.

Nessa comparação, enquanto um trem emite 15,82 gramas de CO2, o caminhão gera 100 gramas.

Conforme mostrado pelo Diário de transporte, Em 1º de outubro de 2020, a Secretaria de Promoção, Planejamento e Parcerias do Ministério da Infraestrutura aprovou o arcabouço, com o objetivo de viabilizar o Regime Especial de Incentivos ao Desenvolvimento da Infraestrutura (REIDI) no setor de transportes – Ferroviário, do projeto proposto pela Rumo Malha Paulista S / A.

https://diariodotransporte.com.br/2020/10/01/governo-federal-autoriza-investimentos-de-ate-r-56-bilhoes-para-a-rumo-malha-paulista-sa/

Com investimento estimado em R $ 5,6 bilhões (R $ 5.578.455.622,00), o Projeto na área de infraestrutura de transporte ferroviário, denominado “Rumo Malha Paulista Investimentos a Prazo Fixo”, contempla os seguintes serviços e tocam:

. – Cruzamento de 30 jardas;

– Implantação de 5 novos pátios de travessia;

– Duplicação de 11 trechos ferroviários;

– Modernização da linha tronco permanente;

– Modernização da agência permanente;

– Investimentos em sistemas ferroviários no troncal;

– Aquisição de equipamentos de via; Y

– Minimização de conflitos urbanos.

Adamo Bazani, jornalista de transporte

Willian Moreira em colaboração especial para Diário do Transporte

Alexandre Pelegi colaborou

Compartilhe a história nas redes sociais:

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *