Duszak fecha o ano com vitória na FITEQ Challenger Cup no Brasil

O número dois do mundo masculino, Adrian Duszak, encerrou o ano com uma vitória individual na Copa Challenger da Federação Internacional de Teqball (FITEQ), no Brasil.

Atletas dos países-sede Romênia, Israel e Polônia competiram em provas de simples e duplas na cidade brasileira de Porto Alegre.

Duszak, que perdeu apenas uma partida de simples desde o retorno do teqball da pandemia COVID-19, entrou no torneio como um firme favorito.

Ele sobreviveu a um confronto 12-11, 12-8 com Rodrigo Bento Medeiros, antes de vencer Carlos Vasques e Leonardo Lindoso de Almeida por 12-4, 12-8 nas eliminatórias.

Tendo enfrentado vários brasileiros na preparação para a final, Duszak enfrentou o romeno e o número quatro do mundo, Apor Gyorgydeak, na disputa pela medalha de ouro.

Gyorgydeak reivindicou o primeiro set por 12-6, mas Duszak voltou para vencer o segundo e terceiro sets por 12-8 e 12-6, respectivamente.

“Nas partidas individuais, eu era o número um”, disse Duszak.

“Apesar disso, quase não ganhei a primeira partida do meu grupo contra o campeão brasileiro.

“Tornei-me muito humilde e sabia que tinha de me concentrar em cada jogo individualmente.

“Lembro-me que estava incrivelmente quente e pela primeira vez na minha vida, depois de cada dois sets, eu tomava um banho frio para me refrescar.

“Nas restantes lutas até à final, não tive grandes problemas.

“Na final, perdi o primeiro set contra o Apor, embora soubesse que poderia vencer.

“É por isso que depois do primeiro set eu disse a mim mesmo que havia voado muitos quilômetros para perder agora, especialmente porque estávamos no único lugar onde Ronaldinho nasceu!”

O evento FITEQ Challenger Cup no Brasil aconteceu em Porto Alegre © FITEQ
O evento FITEQ Challenger Cup no Brasil aconteceu em Porto Alegre © FITEQ

Duszak se classificou recentemente para o Campeonato Mundial de Teqball de 2021, após vencer a Série Desafio Nacional da Polônia.

Teve menos rebatidas em Porto Alegre no duelo de duplas com o companheiro de equipe Bartlomiej Franczuk, perdendo para Bento Medeiros e Celino Ferraz nas quartas de final.

A dupla brasileira continuou até a final, mas perdeu por 12-6, 12-11 para Gyorgydeak e Szabolcs Ilyes.

“Tivemos uma experiência fantástica aqui no Brasil”, disse Ilyes.

“Os organizadores e as pessoas aqui em geral foram muito simpáticos e amigáveis.

“Quero parabenizar e agradecer à FITEQ e aos diretores brasileiros pela experiência maravilhosa neste torneio, e desejo à família teqball boas férias e um bom descanso para que possamos entrar em 2021 com vigor renovado.”

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *