Eduardo Bolsonaro declarou-se o líder latino do movimento conservador liderado por Bannon | Mundo

Steve Bannon, ex-estrategista da Casa Branca preso nesta quinta (20) mantém relacionamento com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL / SP) e esteve em evento com o presidente Jair Bolsonaro em março de 2019.

A promotoria federal de Nova York acusa Bannon de desviar dinheiro de uma campanha que visa construir um muro entre os Estados Unidos e o México.

Steve Bannon, ex-estrategista do Trump, é preso sob acusação de fraude

Bannon é o líder do grupo The Movement, que reúne conservadores de todo o mundo. Em janeiro de 2019, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL / SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), disse em uma rede social que Bannon o escolheu para liderar o movimento no país. “A satisfação de ser o líder do Movimento pela América Latina com Steve Bannon”, escreveu Eduardo na legenda de uma imagem na qual aparece abraçado por Bannon.

Steve Bannon, ex-conselheiro do Trump, com (à esquerda) Jair Bolsonaro em jantar em Washington – Foto: Alan Santos / Presidência da República

No mês seguinte, fevereiro de 2019, Eduardo postou mais uma foto com Bannon. “Tenha uma boa conversa agora com Steve Bannon, unindo forças contra o domínio cultural de esquerda / marxista”, disse o deputado. A marca na rede social indica que os dois estiveram em Washington.

Em março daquele ano, Bannon se encontrou com o presidente Bolsonaro em cerimônia na embaixada do Brasil nos Estados Unidos definida pelo Palácio do Planalto como “jantar com formadores de opinião” em Washington. Bannon sentou-se do lado esquerdo de Bolsonaro; à direita estava o escritor Olavo de Carvalho.

Steve Bannon e Jair Bolsonaro durante encontro na Embaixada do Brasil em Washington, no dia 17 de março de 2019 – Foto: Alan Santos / Presidência da República / Via AFP

Há quase um ano, em setembro de 2019, Eduardo se encontrou novamente com Bannon, desta vez em Nova York. Eduardo estava na cidade para ver o discurso do pai na Assembleia Geral da ONU.

Na mesma ocasião, Eduardo convidou Bannon para vir ao Brasil participar de um seminário no Senado, em evento intitulado Ambientalismo e Geopolítica, mas o americano não compareceu.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *