Em reação ao MP, #BolsonaroGenocida alcança o 1º lugar no Twitter

JBr.

A medida provisória 927/2020, editada pelo governo federal e publicada no Diário da República na segunda-feira 23, foi criticada por opositores. No Twitter, em reação ao MP, que permite que as empresas suspendam os contratos de trabalho de seus funcionários por até quatro meses, os políticos da oposição levantaram a hashtag #BolsonaroGenocida, que atingiu o pico de tendências.

Entre as autoridades que usaram a hashtag, o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) afirmou, em vídeo, que “a idéia de cortar os salários dos trabalhadores formais por quatro meses é um absurdo” às políticas adotadas por outros países que lidar com a crise causada pelo novo coronavírus.

Entre os convocados pelo PT para concorrer à cidade de São Paulo, o deputado federal Nilto Tatto (SP) declarou que o parlamentar “jogará milhões na miséria”.

O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), também usou a hashtag para criticar Bolsonaro e a medida. “Sem trabalho e sem salário, as pessoas saem às ruas para produzir o que comer para suas famílias. Isso criará as condições ideais para a disseminação do coronavírus, principalmente entre os mais pobres. A MP 927 deve ser devolvida ”, defendeu Verri, afirmando que o projeto deve retornar ao governo antes mesmo de passar pela sessão plenária da Câmara.

Status do conteúdo

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.