Entenda o estorno do FGTS que começou nesta segunda-feira (30) e o que o trabalhador pode fazer

OU Fundo de garantia de antiguidade movimento limitado às situações previstas em lei. Em 2020 a possibilidade de retirada de emergência e, para quem não desistiu da modalidade até segunda-feira (30), houve o Estorno FGTS. Então, veja hoje, 1º de dezembro, como acontece e como seguir em frente.

Continue após o anúncio

A reversão nada mais é do que a devolução dos valores liberados pela Caixa Econômica Federal (CEF), que administra a parte, às contas vinculadas ao FGTS. Dessa forma, o trabalhador não perde o direito ao valor, que fica retido na conta especial.

Veja também: Empréstimo de telefone celular: entenda como funciona e onde se inscrever

Continue após o anúncio

Entenda a reversão do FGTS que começou nesta segunda (30) e o que o trabalhador pode fazer – Folha-UOL

Estorno de emergência do FGTS: entenda

Detalhe de conteúdo

Continue após o anúncio

A reversão do Fundo Garantidor começa hoje, 1º de dezembro, e pode levar até 7 dias corridos. É o resultado da não movimentação dos valores entregues aos trabalhadores através do aplicativo Caixa Tem.

A criação do saque de emergência ocorreu naquele ano para mitigar os danos econômicos originados da pandemia Covid-19. Assim, todos os brasileiros com saldo do FGTS poderiam sacar até R $ 1.045.

Na verdade, este saque não exigiu um único pedido, com transferência automática e obrigatória para uma conta em nome do trabalhador na app Caixa Tem.

Desta forma, o Estorno FGTS É produzido para quem não sacou os valores anteriormente transferidos obrigatoriamente para a conta Caixa Tem. No entanto, o valor volta para a conta original.

A retirada pode ocorrer até 31 de dezembro, a pedido do trabalhador. Por outro lado, caso isso não aconteça, o valor será novamente limitado de acordo com as disposições legais.

Como reverter o investimento emergencial do FGTS?

Embora muitas pessoas tenham optado conscientemente por não retirar a emergência do FGTS, outras simplesmente não cumpriram o prazo para fazê-lo.

Porém, há a possibilidade de reverter a reversão do FGTS e exigir que o valor fique disponível.

Para isso, o trabalhador deve acessar sua conta cadastrada no aplicativo FGTS. Em seguida, você precisa verificar se os dados estão completos e solicitar uma retirada de emergência.

O prazo de inscrição é 31 de dezembro. Para os cidadãos que fizerem isso, serão disponibilizadas informações sobre a data de crédito do valor.

O repasse é feito para a caderneta de poupança digital Caixa Tem. Depois, cabe ao trabalhador solicitar o repasse para uma conta bancária de sua escolha neste canal. Outra possibilidade, também, é o saque do valor em dinheiro em loterias e caixas eletrônicos da CEF.

A recordação do aniversário não conta: houve um estorno?

Da mesma forma, em alguns casos, o aniversário da aposentadoria (modalidade especial FGTS cujo pagamento é anual) não recaiu sobre a conta do trabalhador na data indicada no calendário.

Paralelamente, nestes casos, a operação consta do extrato do Fundo de Garantia, mesmo que o valor não se encontre na conta do beneficiário.

Nestes casos, o Estorno FGTS. O que, de fato, pode ter acontecido é a nomeação de uma conta conjunta ou de poupança. Assim, cabe ao beneficiário dirigir-se a uma agência da CEF munido dos documentos de identificação e da carteira de trabalho.

Dessa forma, a CEF poderá orientar o trabalhador e providenciar para que ele tenha acesso ao valor disponível.

Verifique isso agora: Qual é a idade mínima para se aposentar? Simule sem sair de casa


Continue após o anúncio

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *