“Estilo Guiñazú”: Vasco apresenta o meio-campista argentino Leonardo Gil | Basco

O Vasco apresentou nesta terça-feira à noite, em entrevista coletiva virtual, seu último reforço, o meio-campista Leonardo Gil, de 29 anos, emprestado do Al-Ittihad, da Arábia Saudita, até junho de 2021.

Leonardo Gil pode estrear pelo Vasco – Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

Já regularizado, está à disposição do técnico Ricardo Sá Pinto para o jogo desta quarta-feira, contra o Corinthians, em São Januário. O argentino comentou o entusiasmo de iniciar este desafio no Vasco.

– Estou muito feliz por estar aqui, em uma grande instituição. Quero ajudar, trabalhar como um grande profissional, muito a sério. É linda a sensação de vestir a camisa do Vasco. Conhecemos a difícil situação do clube, com derrotas consecutivas, mas confiamos nos nossos companheiros. Temos um bom material humano – disse o jogador.

Leoanrdo Gil é outro argentino pelo time do Vasco, que já conta com Germán Cano e Benítez.

Veja mais trechos da entrevista de Leonardo Gil

Outro argentino do grupo

– Vir para outro país e conhecer compatriotas é uma coisa linda, me ajuda. Faz você se sentir mais em casa. Para mim é muito importante ter dois argentinos aqui. E eles têm contribuído muito para a equipe. Espero estar à altura e gostar deles.

Dificuldades com o idioma?

– Joguei oito meses com brasileiros e aprendi um pouco. Acho que vou falar um pouco mais aqui.

Espaço ocupado no campo

A posição em que me sinto mais confortável é como um “volante misto”. Sempre ajudando a marca, mas também na transição para o ataque. Hoje o que a equipe mais precisa é ser sólida. Vou respeitar o que dirijo ao técnico, que durante os poucos dias que estive com ele parecia ter ideias claras.

Acho que o treinador vai querer implementar uma ideia de futebol para vencer. Os jogos não são os mesmos e a tática e a estratégia são as mais importantes.

Estilo semelhante ao Guiñazú?

Com o “Cholo” ele tem um ótimo relacionamento, somos amigos. Jogamos juntos durante um ano e aprendi muito com ele, com a sua experiência, com a sua forma de jogar, a sua motivação, a sua forma de treinar … É uma motivação para os jovens. Ele é muito querido aqui, me falou bem do clube, da torcida. Acho que somos semelhantes no estilo de jogar, sim.

Tive muitos jogadores que me inspiraram. Primeiro Mascherano, depois Fernando Gago. Aranguiz e Arturo Vidal mais recentemente. Acho que é um estilo que tento fazer semelhante. Eles ajudam muito a equipe. Como eles, sempre me dou 100%.

Jogo contra o Corinthians

Eu conheci um grupo de pessoas que eram boas demais (risos). Em tempos difíceis, quando os resultados não chegam, temos que estar unidos. Enfrentaremos um grande rival. Vimos os jogos anteriores. Juntos podemos ter um bom resultado.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *