Estreia GT3 “All Part of the Project” com Porsche – Sportscar365

Foto: Mike Levitt/IMSA

Felipe Nasr diz que sua estreia no GT3 com a Porsche na IMSA Michelin Endurance Cup é “tudo parte do projeto” com o fabricante à frente de sua unidade LMDh de 2023.

Nasr foi designado para a Pfaff Motorsports na classe GTD Pro para as corridas de longa distância do WeatherTech SportsCar Championship em Daytona, Sebring, Watkins Glen e Michelin Raceway Road Atlanta.

O atual campeão do DPi compartilhará o Porsche 911 GT3 R nº 9 com os pilotos da temporada inteira Mathieu Jaminet e Matt Campbell, formando uma linha de fábrica.

Nasr explicou que sua estreia no GT3 é um elemento importante de sua integração na estrutura da Porsche Motorsport após quatro anos com a Action Express Racing em DPi.

A campanha da Endurance Cup é a única corrida Porsche confirmada do brasileiro para 2022, com seu outro papel sendo uma corrida na classe LMP2 do Campeonato Mundial de Endurance da FIA com o operador do programa de fábrica da Porsche LMDh, Team Penske.

“Antes de tudo, acho que é uma grande oportunidade de se juntar à família Porsche Motorsport, olhando para o quadro geral”, disse Nasr ao Sportscar365.

“Isso tudo faz parte do projeto, conhecer Matt e Jaminet, que são dois caras muito experientes.

“Ter tempo para construir dentro do ambiente, tudo isso faz parte do acordo. Sinto que o GT3 vai ser um novo desafio para mim. É tudo novo. Há uma fase de aprendizagem lá que eu tenho que tomar.

“[Daytona] é a minha primeira experiência com o carro, mas estou muito ansioso por isso, especialmente por estar a bordo da equipa Pfaff que foi campeã de GTD no ano passado.

“Eles têm muita experiência e coisas para passar. Vai ser completamente novo. É uma grande oportunidade e estou muito empolgado com todo esse projeto, que está levando ao LMDh nos próximos anos. É tudo muito emocionante.”

Nasr terá a rara oportunidade de ser um novato na categoria quando enfrentar a abertura da temporada de Daytona, e ele sugeriu que está abordando o GTD Pro com “mente aberta”.

Suas primeiras milhas no Porsche aconteceram durante a segunda sessão do Roar de sexta-feira, durante a qual ele registrou 15 voltas e registrou um melhor tempo de 1:47.501.

Nasr já correu tecnicamente com um carro GT antes, fazendo um punhado de aparições da Porsche GT3 Cup Brasil em 2017 logo após sua última temporada na Fórmula 1.

“Olhar para trás e ter cumprido os objetivos no DPi, poder ganhar dois campeonatos, isso me deixa muito feliz”, disse ele.

“Assumir este novo desafio no GTD Pro será completamente novo, mas estou aqui para o desafio: a nova experiência, nova fase de aprendizagem, novo estilo de condução, novos pneus. Vai ser tudo novo para mim.

“Estou entrando com a mente aberta. O bom é que tenho dois caras que são muito experientes no carro e podem me ajudar muito nessa fase de aprendizado.

“Pular em um carro, se não fosse lutar pela vitória, eu não faria. Todos os ingredientes estão lá e eu estou pronto para enfrentá-lo.”

Perguntado se ele pretende fazer outras grandes corridas de GT3 fora de seu programa IMSA de quatro corridas, Nasr respondeu: “Isso eu não sei.

“Posso dizer que estarei muito ocupado este ano com o desenvolvimento do LMDh e o programa WEC com o Team Penske, além das quatro corridas de resistência aqui já. Eu vou ter meu prato cheio!

“O bom é que estou me mantendo afiado. Estou pilotando um carro de corrida aqui com Pfaff e com o Team Penske no WEC. Não é como se eu estivesse sentindo falta de estar na pista de corrida.

“Tudo faz parte do pacote e estou muito interessado em ter sucesso neles também.”

Esforço Penske LMP2 “Super Importante” para LMDh

Nasr se juntará ao colega piloto da LMDh Dane Cameron e ao veterano de Le Mans Emmanuel Collard para o esforço inaugural da Penske no WEC com um carro Oreca 07 Gibson LMP2.

O projeto é um precursor da entrada da Penske na classe Hypercar no próximo ano com o protótipo Porsche LMDh que foi desenvolvido em colaboração com a Multimatic.

“Vai ser fantástico”, disse Nasr. “Equipe Penske: que grande organização. Tive minha primeira chance de trabalhar com eles alguns dias atrás [at Sebring], se preparando para a temporada do WEC e entendendo o carro LMP2 com eles.

“Toda essa experiência vai ser super importante, acostumar a equipe e a equipe às regras e regulamentos esportivos, entender as pistas. Tudo isso faz parte do quadro maior.

“Já fiz Le Mans algumas vezes e a série WEC também é algo que está em minha mente para os próximos anos, já que o projeto terá as duas.

“Nesta fase eu não sei o que vai acontecer [next year], qualquer que seja [series] Eu vou dirigir.

“Mas eu gosto dos dois. Eu sempre fui um grande fã das coisas do IMSA; a dinâmica das corridas e as pistas que vamos. É uma série super divertida e com certeza quero passar mais tempo aqui.”


daniel lloyd


daniel lloyd é um repórter baseado no Reino Unido para Sportscar365, cobrindo o Campeonato Mundial de Endurance da FIA, o GT World Challenge Europe desenvolvido pela AWS e o IMSA WeatherTech SportsCar Championship, entre outras séries.


You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.