EUA condena repressão contra Belarus e está considerando sanções contra o regime de Lukashenko | Mundo

O governo bielorrusso prende um dos líderes da oposição ao presidente

De acordo com Pompeu, o Estados Unidos estão “profundamente preocupados” com o prisão de Maria Kolesnikova, uma das figuras mais proeminentes da oposição na Bielorrússia, detida na fronteira com a Ucrânia. A secretária do presidente Donald Trump elogiou a bravura do ativista.

A foto de 27 de agosto mostra a adversária Maria Kolésnikova, uma das integrantes do Comitê de Coordenação, em Minsk, capital da Bielo-Rússia – Foto: Dmitri Lovetsky / AP

“Os Estados Unidos, em coordenação com nossos parceiros e aliados, estão considerando a aplicação de sanções específicas adicionais para promover a responsabilização dos envolvidos em abusos de direitos humanos e repressão na Bielo-Rússia”, disse Pompeo.

“Lembramos às autoridades bielorrussas sua responsabilidade de garantir a segurança da Sra. Kolesnikova e de todos aqueles que foram detidos injustamente.”

Manifestantes protestam contra a reeleição do Presidente da Bielo-Rússia. As cores vermelho e branco representam oposição ao governo. – Foto: Associated Press

Pompeo também lembrou que Vitali Shkliarov, um bielorrusso com cidadania americana, está entre os oponentes detidos pelo regime de Lukashenko.

“Pedimos às autoridades desse país que acabem com a violência contra seu próprio povo, libertem aqueles que foram injustamente presos, incluindo o cidadão americano Vitali Shkliarov, e estabeleçam um diálogo significativo com representantes genuínos do sociedade “, perguntou o secretário.

Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, fala em entrevista coletiva no Departamento de Estado em Washington nesta quarta-feira (24) – Foto: Mandel Ngan / AFP

Shkliarov é um analista político que mora em Washington e foi preso durante uma visita à Bielo-Rússia sob a acusação de ajudar a organizar motins em massa, o que ele nega. Ele é um professor visitante na Universidade de Harvard e serviu na campanha presidencial do senador democrata Bernie Sanders.

A polícia bielorrussa intensificou a repressão aos oponentes, com mais de 600 pessoas presas no domingo em um protesto massivo contra o líder do país, Alexander Lukashenko, um aliado da Rússia, que enfrenta seu maior desafio em 26 anos no cargo.

5 pontos para entender a crise na Bielorrússia

5 pontos para entender a crise na Bielorrússia

Crise na Bielo-Rússia – Foto: Juliane Monteiro / G1

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *