EUA: intimação de Trump mostra Pelosi se ele não for demitido sob a 25ª emenda

A presidente democrata da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, pediu a Mike Pence que ativasse a 25ª Emenda à Constituição dos Estados Unidos, na esteira dos violentos incidentes no Capitólio dos Estados Unidos que chocaram o mundo.

Pelosi pediu ao vice-presidente Mike Pence que voltasse imediatamente para a 25ª Emenda à Constituição dos EUA para declarar Donald Trump “impróprio” para governar, dizendo que esperava ter a resposta do vice-presidente “hoje”.

Se Pence não o fizer, o Congresso “pode ​​estar pronto para proceder com um voto de censura”, acrescentou o presidente democrata.

Ele encorajou um levante armado contra a América

Em seu discurso, Nancy Pelosi falou sobre o ataque de Trump à República, enquanto falava de um momento que permanecerá gravado como página negra na história americana.

Como ele observou, o presidente cessante Donald Trump cometeu um “ato insurgente” e pediu a remoção imediata do magnata republicano da presidência apelando para a 25ª emenda à Constituição dos EUA, um dia depois que os apoiadores de Trump invadiram Capito.

“Ontem, o presidente dos Estados Unidos encorajou um levante armado contra os Estados Unidos”, disse Pelosi a repórteres no Capitólio, acrescentando que Trump era “muito perigoso” e não deveria continuar ocupando a presidência.

Ele ressaltou que aguarda a decisão de Pence de recorrer à 25ª emenda à Constituição dos Estados Unidos, deixando em aberto a possibilidade de um voto de censura contra o presidente cessante.

“Necessidade urgente de extrema importância”

A expulsão de Donald Trump da presidência é uma “necessidade urgente”, acrescentou a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, e acusou o presidente republicano e seus partidários de participarem de um “golpe fracassado”.

Deve-se observar que o recurso à 25ª emenda à Constituição dos Estados Unidos foi solicitado pelo vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, e pelo chefe do grupo parlamentar democrata no Senado, Chuck Sumer.

Ele até disse que se não o fizesse, então o Congresso deveria iniciar um processo de derrubada do magnata republicano com o objetivo de derrubá-lo.

Legislador republicano pede abertamente a derrubada de Trump

O legislador republicano Adam Kinzinger pediu hoje a 25ª emenda à Constituição dos EUA para remover o presidente Donald Trump do cargo, um dia depois que os apoiadores do magnata invadiram o Capitólio.

Ele é o primeiro republicano a pedir a 25ª Emenda à Constituição dos Estados Unidos, mas de acordo com analistas políticos do outro lado do Atlântico, ele não será o último.

“Ao que tudo indica, o presidente perdeu contato, não só com seus deveres ou mesmo com seu juramento, mas também com a própria realidade”, disse ele em vídeo postado no Twitter.

O legislador republicano Adam Kinzinger pediu hoje a 25ª emenda à Constituição dos EUA para remover o presidente Donald Trump do cargo, um dia depois que os apoiadores do magnata invadiram o Capitólio.

Ele é o primeiro republicano a pedir a 25ª Emenda da Constituição dos Estados Unidos, mas de acordo com analistas políticos do outro lado do Atlântico, ele não será o último.

“Ao que tudo indica, o presidente perdeu contato, não só com seus deveres ou mesmo com seu juramento, mas também com a própria realidade”, disse ele em um vídeo postado no Twitter.

O que a 25ª alteração oferece

A emenda 25 à Constituição dos Estados Unidos permite que o vice-presidente e a maioria do gabinete declarem o presidente “incapaz” de servir.

A 25ª Emenda, ratificada em 1967 e adotada após o assassinato do presidente John F. Kennedy em 1963, trata da sucessão presidencial e da incompetência.

A seção 4 trata das situações em que o presidente está impossibilitado de exercer suas funções, mas não renuncia voluntariamente.

Os legisladores da Emenda 25 objetivaram claramente fazer cumprir a lei quando um presidente for considerado incompetente por doença física ou mental, segundo especialistas. Alguns estudiosos também argumentaram que ele pode ser aplicado de forma mais ampla a um presidente perigosamente inadequado para o cargo.

Para invocar a 25ª Emenda, Pence e a maioria dos membros do gabinete de Trump terão que declarar que Trump é incapaz de servir como presidente e removê-lo do cargo. Com base nesse cenário, Pence assume a presidência.

Siga-o no notícias do Google e seja o primeiro a saber todas as novidades
Veja as últimas notícias da Grécia e do mundo, em

You May Also Like

About the Author: Edson Moreira

"Zombieaholic. Amadores de comida amadora. Estudioso de cerveja. Especialista em extremo twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *