Ex-piloto britânico de F1 critica Fernando Alonso por comentário ‘injusto’ de Lewis Hamilton

O ex-piloto de F1 e comentarista da Sky Sports, Martin Brundle, criticou Fernando Alonso por seus comentários de rádio injustos em relação a Sir Lewis Hamilton, após a colisão de seus ex-companheiros de equipe na primeira volta no Grande Prêmio da Bélgica.

Tanto Alonso quanto Hamilton fizeram excelentes largadas na corrida, com a dupla em segundo e terceiro na primeira volta da Kemmel Straight.

Ao se aproximarem de Les Combes, Hamilton saltou do lado de fora de Alonso para tentar ultrapassá-lo.

Ao contornar o espanhol, Hamilton bateu na frente do bicampeão mundial no ápice da curva, resultando em forte contato.

LEE: Último minuto: Helmut Marko dá luz verde a Pierre Gasly para substituir Fernando Alonso

A traseira do W13 de Hamilton foi lançada para o céu, com seu carro caindo.

Seu carro caiu com força no circuito, resultando em uma aposentadoria quase instantânea de Hamilton, seu primeiro da temporada.

Alonso de alguma forma saiu ileso da colisão, mas ele tinha algumas palavras fortes para o heptacampeão mundial.

“Quero dizer, tivemos uma mega largada, mas esse cara só sabe pilotar e largar primeiro”, disse Alonso pelo rádio da equipe após o incidente, depois chamando o piloto da Mercedes F1 de “idiota”.

Hamilton reivindicou total responsabilidade pelo incidente, que o diretor de corrida considerou um incidente de corrida.

Alonso se acalmou após a corrida e também concordou que foi simplesmente um incidente de corrida.

Brundle; no entanto, ele ainda ficou com a sensação de que o que Alonso disse sobre Hamilton estava errado, o britânico sendo um dos pilotos “mais limpos” da “história da F1”.

Mesmo Brundle concordou que foi culpa de Hamilton, mas que o próximo comentário de rádio de Alonso foi “totalmente impreciso e injusto”.

LEE: Esteban Ocon admite sobre Mick Schumacher e Pierre Gasly em Alpine

“Lewis disse que não podia ver Fernando em seu ponto cego, mas francamente ele deveria estar lá em algum lugar, e o espanhol fez o possível para ficar dentro e dar espaço”, disse Brundle em sua coluna Sky F1.

“Lewis viu a filmagem e imediatamente levantou a mão e aceitou corretamente toda a responsabilidade. Os comentários de Fernando no rádio, embora alimentados por raiva e adrenalina, de que Lewis só poderia vencer pela frente foram, na minha opinião, totalmente imprecisos e injustos.

“Lewis é um dos pilotos mais justos e limpos da história da F1, ele não precisou cometer muitas faltas profissionais dada sua velocidade implacável, e ele só pensa no Brasil no ano passado para se lembrar de como pode atravessar o campo. Duas vezes.”

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.