Existe até um helicóptero! Por que EUA, China e Emirados estão indo para Marte este mês – 08/07/2020

Existe até um helicóptero! Por que EUA, China e Emirados estão indo para Marte este mês - 08/07/2020

O alinhamento da Terra e Marte planejado para o mês de julho facilitará missões ao Planeta Vermelho, ou com menos risco de fracassar, já que enviar uma espaçonave não é uma tarefa fácil.

Três países aproveitarão essa janela, que ocorre a cada 26 meses, para lançar missões a Marte: Estados Unidos, China e, o novato, Emirados Árabes Unidos.

Os Emirados serão os primeiros. Eles planejam lançar a missão Hope Mars em 14 de julho. É a primeira missão interplanetária liderada por uma nação árabe-islâmica. A sonda deverá aterrissar em terreno marciano em 2021 e durará dois anos.

O objetivo é estudar a atmosfera, o clima e o clima em Marte. Os resultados ajudarão a entender como Marte deixou de ser um planeta quente e úmido e se tornou frio e deserto, como é hoje. A missão está associada a três universidades americanas: a Universidade do Colorado Boulder, a Universidade Estadual do Arizona e a Universidade da Califórnia em Berkeley.

China quer estrelar

Enquanto isso, a China marcou seu lançamento em 23 de julho. Intitulada Tianwen-1, a missão também será um marco para o país asiático, pois é a primeira viagem 100% chinesa a Marte. Ele consistirá em um orbiter, um lander e uma sonda de 240 kg, do tamanho de um carrinho de golfe.

O orbital possui uma câmera de alta resolução, magnetômetro e espectrômetro mineral, que investigará a composição das rochas. O veículo também consiste em uma estação meteorológica, um detector de campo magnético e um radar de penetração no solo, que pode detectar gelo abaixo da superfície a uma profundidade de aproximadamente 100 metros.

O sucesso da missão foi visto como a entrada da China no mundo da exploração interplanetária. As autoridades espaciais chinesas querem lançar uma missão em 2030 para trazer amostras de Marte.

Mas essa já é a missão da Perseverança, um projeto liderado pelos Estados Unidos e países europeus. A sonda pesa pouco mais de um quilo e será lançada em 30 de julho a bordo do foguete Atlas 5 da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida. Espera-se que aterrisse em Marte também em 2021.

A perseverança procurará sinais que indicam a existência de vida em Marte no passado. O campo de trabalho será uma cratera de 45 km de largura, onde um lago e um delta existiam bilhões de anos atrás. A sonda também está em uma missão para trazer amostras de solo marciano para estudar aqui na Terra.

Como se isso não bastasse, um helicóptero será lançado pela primeira vez no céu de Marte. Chamado de sagacidade, ele fará o primeiro vôo de observação de uma área fora da Terra. Se a missão for bem sucedida, a NASA planeja incorporar helicópteros em futuras missões.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *