fisioterapia fora da TC e incerteza de retorno em 2020

Enquanto Tiago Nunes tenta melhorar os resultados e a equipe tenta cumprir, Léo Santos vive uma situação bem mais delicada no Corinthians. O defensor, que não entrou no campo por exatamente 529 dias, faz fisioterapia fora do CT e não pode brincar de novo este ano.

Para entender o que acontece com o dinheiro da casa, com apenas 21 anos, é preciso voltar no tempo. Em abril de 2019, após empréstimo ao Fluminense, o zagueiro sentiu dores no joelho direito e precisa fazer cirurgia para corrigir tendinite patelar.

Inicialmente, o zagueiro voltaria ao clube carioca para encerrar com fiança de um ano. Na recuperação, porém, ficou decidido entre os clubes que Léo Santos permaneceria no Corinthians, dono de seus direitos federativos e grande parte de seus direitos econômicos (70%).

Durante a recuperação da cirurgia, Léo Santos realizou inúmeras sessões de fisioterapia na clínica privada do Dr. Joaquim Grava

Reprodução / Internet

Em setembro do ano passado, porém, o drama recomeçou. Durante o treinamento, já em processo final de recuperação, Léo Santos sofreu uma fratura no mesmo joelho direito operado em abril. O jogador então teve que passar por uma nova intervenção cirúrgica.

Em julho deste ano, após meses de fisioterapia, a prata da casa voltou a trabalhar com a bola com o restante dos companheiros que, simultaneamente, retomaram sua rotina no CT após o golpe. Léo Santos, incluído, Ele ainda deu entrevista à TV Corinthians e falou da emoção de voltar a campo..

No entanto, depois de trabalhar um pouco com a bola, o jogador sucumbiu à dor no local e à falta de confiança para alguns movimentos. Em seguida, novos procedimentos de fisioterapia foram iniciados.

eu

Léo Santos chegou a treinar com bola depois de voltar dos treinos do CT, mas por pouco tempo; defensor voltou à fisioterapia após

Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

Cerca de dois meses depois, Léo Santos continua sob a direção de fisioterapeutas. ELE Meu lemeNo entanto, ele descobriu que o jovem nem vai ao TC. As sessões decorrem na clínica privada do médico consultor do clube, Joaquim Grava.

Não há previsão de retorno aos gramados. Existe até a possibilidade de o defensor não ficar disponível até ao final do ano.

Não é por acaso que o conselho está à procura de um defensor. Apesar de analisar a possibilidade de dar uma chance a um zagueiro já contratado, como revelado Meu leme, os líderes decidiram pesquisar o mercado. Rodrigo Moledo, do Inter, foi um dos analisados.

Léo Santos tem contrato com o Corinthians até 31 de dezembro de 2023, renovado pelo clube durante a pandemia.

Veja mais em: Lo Santos, Departamento Médico e CT Joaquim Grava.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *