França anuncia vacinação gratuita a partir de janeiro

A vacina Pfizer pode ser iniciada se for eficaz e segura


Assine o Boletim 247

Agência Brasil – O ministro da Saúde da França, Olivier Véran, afirmou hoje (17) que, se a vacina da Pfizer contra o novo coronavírus for eficaz e segura, a vacinação no país será gratuita e deve começar no início do próximo ano.

“Se forem validadas, teremos as primeiras vacinas no início do ano”, explicou Véran, em entrevista ao canal BFMTV, acrescentando que confia que a Pfizer e sua parceira BioNtech transmitirão todos os dados experimentais aos órgãos de saúde ”, no prazo três semanas. “para ser examinado.

O ministro lembrou ainda que a Comissão Europeia já fez uma pré-encomenda, o que implica o equivalente a cerca de 30 milhões de doses para a França, e que a administração das vacinas será gratuita, assim como os testes para detecção do covid-19 .

Olivier Véran se recusou a propor datas para a reabertura comercial e a comentar informações divulgadas por alguns meios de comunicação, que indicam que o governo está considerando manter bares e restaurantes fechados até meados de janeiro.

“Queremos reabrir lojas em boas condições para não ter que fechá-las novamente”, disse ele, recusando-se repetidamente a definir datas específicas.

O ministro da Agricultura, Julien Denormandie, adiantou, porém, em entrevista à Rádio RMC, que a venda de árvores de natal será autorizada a partir da próxima sexta-feira (20), mas apenas em espaços abertos.

A França está em regime de confinamento domiciliar desde 30 de outubro, e a condição deve durar pelo menos até 1º de dezembro, mas o governo já avisou que algumas restrições permanecerão após essa data e ainda serão necessários documentos de autorização. para viajar e manter bares e restaurantes fechados.

A França registrou cerca de 45.000 mortes por covid-19 desde o início da pandemia e, embora os indicadores de disseminação do vírus estejam melhorando no país, o primeiro-ministro disse a vários líderes religiosos na segunda-feira que as celebrações só deveriam ser autorizadas novamente a partir de 1º de dezembro.

A pandemia covid-19 causou pelo menos 1.319.561 mortes, resultado de mais de 54,4 milhões de casos de contágio em todo o mundo, de acordo com o balanço da agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de dezembro de 2019 em Wuhan, uma cidade no centro da China.

O conhecimento liberta. saber mais

Você que veio tão longe Muito obrigado por avaliar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, Brasil 247 esta em TV 247 eles se financiam por meio de sua própria comunidade de leitores e espectadores. Ele pode suportar TV 247 e o site Brazil 247 de várias maneiras. Parece em brasil247.com/apoio

You May Also Like

About the Author: Edson Moreira Bezerra

"Zombieaholic. Amadores de comida amadora. Estudioso de cerveja. Especialista em extremo twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *