Futebol: Real vence o quinto jogo consecutivo para acompanhar o Atlético

Karim Benzema, do Real Madrid, comemora seu segundo gol. Susana Vera, Reuters.

MADRID – Um cabeceamento de Casemiro e um gol nos descontos de Karim Benzema viram o Real Madrid vencer o obstinado Granada por 2 a 0 em casa na quarta-feira, pela quinta vitória consecutiva na La Liga e empatar por pontos com os líderes Atlético de Madri.

Os campeões faltaram brilho no primeiro tempo, mas ganharam vida no segundo tempo e, após uma série de chances dos donos da casa, o meia brasileiro Casemiro aproveitou um cruzamento de Marco Asensio para dar a vantagem aos 57 minutos.

O Real teve a sorte de não ficar para trás no primeiro minuto, quando Raphael Varane abriu mão da posse de bola e Roberto Soldado encontrou Antonio Puertas, que chutou por cima da barra.

O Granada continuou importunando a equipe de Zinedine Zidane no segundo tempo, até que Benzema fugiu e enfiou a bola na rede para selar os pontos.

O Real soma 32 pontos em 15 jogos antes de um intervalo de sete dias, empatado com o Atlético, que é líder no saldo de gols e tem dois jogos a menos.

A vitória também deixou Zidane seis pontos à frente da Real Sociedad, terceira colocada, e a disputa pelo título parece cada vez mais uma corrida de dois cavalos entre os dois rivais da capital espanhola.

“Queremos manter esta grande seqüência, mas também estamos ansiosos para descansar”, disse o atacante Casemiro.

“Ainda há um longo caminho a percorrer na temporada e muitos mais jogos, e cada equipe terá seus altos e baixos.”

O atacante brasileiro Rodrygo foi carregado em uma maca no primeiro tempo e seu substituto Asensio quase ultrapassou os donos da casa no segundo tempo, conjurando um chute de salto alto escandaloso que bateu no segundo poste.

O jogo continuou e Toni Kroos rematou para o guarda-redes Rui Silva, do Granada, que defendeu bem e defendeu o remate de Federico Valverde.

Mas o Real manteve o ritmo e logo fez o primeiro gol pelo qual almejava, quando Casemiro mostrou sua imensa proeza física para pular o marcador e chegar ao final de um cruzamento de Asensio.

“O treinador quer sempre que os médios vão para a zona oposta, está sempre a pressionar-nos para o fazer”, acrescentou Casemiro depois de marcar o quarto golo esta temporada em todas as competições.

“Ele me diz para ser um meio-campista equilibrado, mas para entrar na área o máximo possível, porque ele diz que sou bom em cabecear, então ele ficará feliz.”

(Reportagem de Richard Martin, edição de Pritha Sarkar)

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *