GP da Turquia: Max Verstappen lidera terceira rodada de chuva e festival de treinamento | Fórmula 1

O que já estava difícil para os pilotos piorou: se na pista seca na sexta-feira já estava difícil controlar os carros devido à má aderência do asfalto recém repavimentado em Istambul, a chuva que caiu no sábado durante o terceiro treino livre. O Grande Prêmio da Turquia transformou a vida dos pilotos em um inferno. Em meio a inúmeras fugas e rodadas, Max Verstappen da RBR fez 1m48s485 e foi o mais rápido, 0s945 à frente do segundo colocado Charles Leclerc da Ferrari.

+ Matemática para o fígado de Hamilton
+ Jogue o jogo “Aces das Pistas”

Max Verstappen dirige RBR na chuva em Istambul – Foto: Getty Images

Alexander Albon, com o outro carro RBR, ficou em terceiro lugar, seguido por Esteban Ocon (Renault) e Lando Norris (McLaren). Os dez primeiros mais rápidos foram completados por Sebastian Vettel (Ferrari), Sergio Pérez (Racing Point), Valtteri Bottas (Mercedes), Kevin Magnussen (Haas) e Lance Stroll (Racing Point). O líder do campeonato Lewis Hamilton, que pode ganhar seu sétimo título no domingo se marcar oito pontos a mais que seu companheiro de equipe.

As eliminatórias serão disputadas a partir das 9h, com transmissão ao vivo do SporTV2. O ge também rastreia em tempo real.

Resultado do terceiro treino livre do GP da Turquia – Foto: Playback / FOM

Início de treino frenético

Com a pista ainda molhada no início dos treinos, os pilotos estabeleceram seus melhores tempos nos primeiros minutos de atividade, mesmo com pneus intermediários. A disputa pelo melhor momento foi entre Verstappen e Leclerc, com vantagem para o holandês.

Mesmo sem uma aderência ideal porque foi recentemente repavimentada, o asfalto de Istambul provou ser ainda mais difícil para os pilotos lidar com a chuva. Praticamente todos os ciclistas que entraram na pista rodaram em algum momento. Apenas Daniil Kvyat rodou quatro vezes.

Na fuga mais perigosa dos treinos, Leclerc saiu da Curva 2 e errou por pouco a parede, o que poderia prejudicar sua participação na qualificação de sábado, dependendo da força de uma eventual queda.

Em rodadas semelhantes, exatamente no mesmo canto, Sainz e Giovinazzi acertaram e até escorregaram na grama, mas não acertaram. Na verdade, estranhamente, nenhum motorista se feriu, apesar do festival de rondas e vazamentos.

A certa altura da sessão, Esteban Ocon virou de cabeça para baixo, mas a fuga não foi por conta própria, mas porque Charles Leclerc perdeu o ponto de frenagem e colidiu com a Renault. Felizmente, não houve danos ao carro do francês, o que ele continuou na prática.

Após meia hora de treinamento, a precipitação aumentou consideravelmente e os pilotos colocaram pneus de chuva extrema em vez dos intermediários. Mas as condições eram tão ruins que todos permaneceram nos boxes. Apenas nos minutos finais Gasly, Kvyat, Raikkonen e Giovinazzi voltaram à pista.

– Foto: Infoesporte

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *