Grêmio vence Cuiabá e Renato prega calma: “Temos mais 90 minutos na Arena”

OU Guilda o time ganhou Cuiabá esta noite nesta quarta (11), por 2 a 1 fora de casa. Em partida válida pela primeira mão das quartas de final do Copa brasil. Após a vitória, o treinador Renato portaluppi Ele falou que conquistou a sexta vitória consecutiva no Grêmio desde que enfrentou o tricolor: “Não é fácil para você jogar três competições. Desde que cheguei em 2010, não tive aquela seqüência (de 6 vitórias consecutivas). Temos mais 90 minutos na Arena. Qualquer vantagem é válida. Tivemos dificuldades, mas o mais importante era vencer.

Mesmo com a vitória, o Grêmio encontrou algumas dificuldades na partida. O time de Cuiabá fez um grande jogo e conseguiu criar boas chances de gol, sobre isso, comentou o técnico do sindicato: “O adversário jogou pela bola. Você não pode pular. O jogo é um jogo de 180 minutos. Tivemos a chance de ampliar a liderança, mas nos apressamos. Não é mais um jogo fácil.

Ainda na equipe de Cuiabá, Renato acrescentou: “Cuiabá é muito bom. Botafogo removido. Não há mais tolos no futebol. O Grêmio vai jogar (na volta) para ganhar a partida, pois sempre jogou. “

Mandei uma mensagem para Dome (Domenec Torrent), fiquei triste por ele

Renato Portaluppi comentou sobre a saída de Domenec Torrent Faz Flamengo: “Mandei um recado para o Dome (Domenec Torrent), fiquei triste por ele. Você não tem paciência com o técnico brasileiro, imagine com o estrangeiro. Se não der certo ele será demitido. É um problema”.

Ainda nas saídas, Renato comentou sobre o pedido de demissão de Eduardo coudet Faz Internacional: “Quando o treinador pede para sair, ele não pode. Por que não pode? Por quê? Lá tivemos o exemplo de Coudet. Cada vez que é um massacre no treinador. Choveu, o treinador é culpado. Vencido, normal e obrigatório.”

Mais tarde, o técnico do Grêmio falou sobre a influência que o futebol europeu tem no futebol brasileiro: “O brasileiro gosta de copiar a Europa, e nem tudo que acontece lá é certo. Não é assim. O técnico estrangeiro tem um problema muito sério com o jogador brasileiro, como o idioma. O estrangeiro tem um problema de adaptação, de resultado. Você não tem paciência.“e completou:”Muitos treinadores brasileiros querem imitar o técnico europeu. Todo mundo tem que fazer seu trabalho. Se você quiser copiar algo, tudo bem. Mas por que o Brasil tem que copiar tudo que vem de fora? Quantos títulos mundiais o Brasil tem?

O próximo compromisso do Grêmio é no sábado (14), às 19h, contra o time do Ceará pele campeonato brasileiro na Arena do Grêmio.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *