Hamilton está “acelerado” na batalha pelo título de F1

O piloto da Mercedes, Hamilton, conquistou a vitória no Grande Prêmio da Rússia no final de setembro, mas não venceu nos três eventos seguintes, já que o rival Verstappen aumentou sua vantagem na qualificação para 19 pontos.

Mas, depois de instalar um novo motor no Grande Prêmio do Brasil, Hamilton obteve uma vitória magnífica apesar de largar em 10º no grid após uma penalidade.

O heptacampeão passou a dominar a próxima corrida no Catar para diminuir a diferença com Verstappen para apenas oito pontos antes das duas últimas corridas na Arábia Saudita e em Abu Dhabi.

Brundle reconhece que acelerar na segunda metade da temporada sempre foi uma característica de Hamilton, e que ele e sua equipe fizeram o mesmo novamente este ano.

“É quase como se estivesse acelerando”, disse o especialista Sky F1 em lojas selecionadas, incluindo a Autosport.

“Ele costumava fazer isso depois das férias de verão, e as pessoas simplesmente não viam para onde ele estava indo quando ganhava seus títulos da Mercedes.”

“E acho que ele fez a mesma coisa de novo, provavelmente um pouco mais tarde naquele dia, e a Mercedes fez a mesma coisa que Lewis fez. De repente, você se pergunta se ele não é o favorito do campeonato agora com esse tipo de impulso.”

“Mas ele só precisa de algum tipo de tropeço, confiabilidade, contato, furo, o que for, e Max pode levar o título no próximo fim de semana. Ele provavelmente não vai, mas ele pode.

“É tão bem equilibrado. E acho que o fluxo e refluxo da temporada é o que a Red Bull está esperando.”

Hamilton venceu com facilidade no Catar e reduziu a vantagem de pontos de Verstappen

Foto por: Charles Coates / Imagens de esportes motorizados

Hamilton correu com um motor mais antigo no Catar, mas terá a unidade mais potente que usou no Brasil novamente à sua disposição no Grande Prêmio da Arábia Saudita neste fim de semana.

Apesar disso, o veterano de 158 corridas da F1, Brundle, não acha que o piloto britânico pode dominar como fez no Qatar.

“Não, acho que não”, disse o técnico de 62 anos quando questionado se esperava que Hamilton repetisse sua esmagadora vitória no Qatar em Jeddah.

“Porque eu acho que eles usaram isso [Brazil] Motor forte, você sabe, e a Mercedes teve o que eles chamam de graus, degradação de seus motores.

“A Red Bull parecia ter uma asa traseira que funciona incrivelmente bem em algumas pistas e não em outras e parece um pouco bidimensional nesse sentido.

“Eu sei que há oito pontos, e os pontos significam tudo. Mas em quem você colocaria seu dinheiro?

“Quer dizer, é literalmente o único incidente que pode mudar isso, mas não acho que eles sejam tão dominantes quanto o Brasil, mas ainda acho que haverá um carro para vencer na Arábia Saudita.”

O final da temporada em Abu Dhabi, que Verstappen venceu no ano passado, acontecerá em um layout revisado como resultado de mudanças que visam melhorar as oportunidades de ultrapassagem. Brundle reconhece que os ajustes irão beneficiar as características do carro Hamilton.

A pista de Abu Dhabi passou por grandes revisões

A pista de Abu Dhabi passou por grandes revisões

Foto por: Imagens de esportes motorizados

“Isso mudou drasticamente”, disse ele sobre Abu Dhabi.

“A Red Bull dominou lá no ano passado, mas você deve se lembrar que Lewis ainda estava se recuperando do COVID e não estava em sua melhor forma. E Max estava no controle do local.

“A pista mudou muito, está muito mais rápida, é cerca de 11 segundos por volta mais rápida.

“Quando se trata de circuitos de alta velocidade, alta velocidade ou alta velocidade, a Mercedes parece ter a vantagem.

“Portanto, nesses próximos dois circuitos, tenho certeza que a Mercedes está se sentindo muito confiante.”

Assista ao GP da Arábia Saudita ao vivo, apenas na Sky Sports F1 no domingo, 5 de dezembro.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *