Ibovespa fecha ligeiramente após ultrapassar 114 mil pontos pela Reuters

© Reuters. .

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – Na segunda-feira fechou ligeiramente, refletindo a realização de ganhos, após mais uma vez ultrapassar 114 mil pontos nesta sessão pela primeira vez desde fevereiro, após cinco semanas consecutivas de valorização.

Índice referencial da bolsa brasileira, o Ibovespa caiu 0,14%, a 113.589,77 pontos, após tocar em 114.531,04 pontos na máxima da sessão e 112.629,18 pontos no pior momento. O volume financeiro totalizou R $ 30 bilhões.

A queda foi no contexto da fraqueza dos americanos e, além da queda nos preços do, e vem após o Ibovespa acumular alta de 21% na maior série de ganhos semanais do ano.

Os novos ruídos envolvendo o cenário fiscal brasileiro também foram citados pelos traders como argumento para vendas na bolsa brasileira, após sinais considerados mais positivos em relação às contas públicas na semana passada.

Antes do fechamento, porém, o Ministério da Economia publicou nota reiterando que se opõe a qualquer proposta que trate da flexibilização do teto de gastos, ainda que temporária, que ajude a tirar o Ibovespa do mínimo.

Na opinião do operador de BlueTrade e líder de ações, Patrick Johnston de Oliveira, as expectativas relacionadas às vacinas da Covid-19 e uma recuperação mais rápida das economias apoiaram as bolsas de valores do mundo.

No Brasil, acrescentou, apesar de o Ibovespa ter se aproximado do recorde histórico em janeiro, ainda está longe do recorde em.

“Isso também pode estimular o Ibovespa a fechar mais pregões seguindo essa tendência até o final deste mês”, afirmou, considerando que eventos ligados ao Brexit e às relações EUA-China podem ter repercussões no mercado de ações brasileiro.

REALÇAR

PETROBRAS PN (SA 🙂 caiu 1,93%, em função da queda do preço do petróleo, fechando-o com queda de 0,9%. A empresa anunciou na segunda-feira que sua diretoria executiva aprovou uma nova rodada de ofertas vinculantes dentro do processo de desinvestimento do Polo Urucu.

– COSAN ON (SA 🙂 caiu 5,95%, entre as maiores quedas, enquanto agentes financeiros analisam detalhes da reestruturação societária do grupo, que inclui a incorporação da Cosan Log – proprietária da Rumo- e da Cosan Limited. RUMO ON (SA 🙂 perdeu 3,2%.

– VALE ON (SA 🙂 cresceu 1,18%, com o setor de mineração e siderurgia no azul, com destaque para USIMINAS PNA (SA :), que avançou 3,14%, após o aumento nas vendas de veículos em novembro ante outubro, segundo a Anfavea, embora a produção tenha desacelerado na mesma base de comparação.

– O ITAÚ UNIBANCO PN (SA 🙂 valorizou 0,59% e o BRADESCO PN (SA 🙂 fechou 0,66% acima, mas longe das altas da sessão.

– A GOL PM (SA 🙂 avançou 3,29%, seguindo uma nova proposta de incorporação da Smiles (SA :), com a participação da empresa no programa de fidelização de clientes fechando em 0,55%. A companhia aérea revelou ainda que novembro foi o primeiro mês com geração líquida de caixa desde o início da crise e que espera saldo positivo também em dezembro.

(Por Paula Arend Laier)

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *