inaceitável tratar a pandemia como ‘fria’

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), mais uma vez criticou o presidente Jair Bolsonaro nas mídias sociais. Em uma série de postagens no Twitter, Caiado, que era um aliado do presidente, disse que Bolsonaro está agindo de forma irresponsável e insensível ao atacar o isolamento preconizado pelos governadores como uma maneira de combater a disseminação do coronavírus. A atitude de Bolsonaro, segundo Caiado, “não faz parte da posição de funcionário do governo” e não será aceita.

“A crise existe e será tratada. No momento certo, saberemos como relaxar as restrições. É inaceitável que o presidente trate uma pandemia que já matou quase 20.000 pessoas em todo o mundo, como um “resfriado”. Insensibilidade que magoa os parentes das vítimas. Sou médico e não aceito – insistiu Caiado.

Citando uma frase atribuída ao ex-presidente dos EUA Barack Obama, o governador disse que “na política e na vida, a ignorância não é uma virtude”. Para Caiado, que é médico, “procurar a tese de que teremos um grande colapso econômico é querer equilibrar o que é mais importante: a vida humana ou a sobrevivência da economia. E não tem discussão. Garantir a saúde, nutrição e segurança física do povo de Goiás é de minha responsabilidade ”.

O governador reafirmou o decreto assinado por ele. “O isolamento social de todas as pessoas, com exceção das que desempenham funções essenciais da vida, prevalecerá.”

Status do conteúdo

You May Also Like

About the Author: Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *