Inter vence lanterna de Gauchão por 2-1 no jogo com grandes gols – 11/02/2016

O Internacional venceu o segundo no Campeonato Gaúcho de 2016. Desta vez, muito antes do apito final, mas novamente com o futebol um pouco burocrático. Depois de garantir a vitória no prolongamento contra o Ypiranga-RS, o Colorado derrotou Passo Fundo na quinta-feira (11) por 2 a 1. Gols de Eduardo Sasha e Artur. Renan marcou para os visitantes.

A partida, no estádio Beira-Rio, foi marcada por dois grandes gols. O primeiro foi de Passo Fundo, com Renan acertando um belo chute do meio. O outro saiu nove minutos depois, com Arthur terminando na entrada da área e acertando o canto direito do goleiro.

Com o resultado, o Internacional alcançou sete pontos e subiu para o quarto lugar no Gauchão, dois pontos atrás dos líderes Grêmio e Juventude. Passo Fundo, que estreou com Paulo Porto como técnico, perdeu o terceiro consecutivo e permanece no centro das atenções do campeonato.

JOGOS DO JOGO

Primeira metade: Com uma formação diferente, o Inter começou de uma maneira diferente. Novamente com o aumento da posse de bola, o Colorado foi reativo. Controlando o jogo, virando de um lado para o outro, mas sem profundidade. Passo Fundo, por outro lado, encontrou lacunas na bola morta, onde quase marcou um gol de bicicleta com Gustavo, e no espaço entre as linhas. Com isso, a equipe interna terminou mais do que os outros adversários recentes no Beira-Rio.

O clímax do Internacional na primeira etapa veio do beco sem saída. Alex tomou da esquerda, a defesa do time visitante perdeu a bola e Fernando Bob teve um rebote. Ele se inclinou no meio e Eduardo Sasha se esticou para terminar. Objetivo

Segundo tempo: Com Aylon no lugar de Vitinho, que saiu após sentir a coxa, o Inter não mudou muito. Ele continuou com a bola, mas sem criar grandes possibilidades. Sendo até previsível. Passo Fundo aproveitou as hesitações no Colorado, que afrouxaram a marca. Renan, livre no meio, acertou um belo chute no canto esquerdo de Alisson. Uma pintura Somente os donos da casa retornaram na mesma moeda. Aos 23 anos, Arthur recebeu na frente da área e chutou com força. O final violento entrou no canto superior direito do gol.

DESTAQUES

Anderson no banco: começando em todos os jogos da Inter do ano, o meia passou por Marquinhos. Os desempenhos irregulares e a idéia de observar as opções do elenco são os argumentos que podem justificar a decisão de Argel Fucks.

Ex-Milão: Lucas Roggia, uma promessa para as equipes de jovens da Inter no início da década, chegou a Milão (por empréstimo obtido em 2012), foi um dos reforços mais populares de Passo Fundo para o estado. Mas em Beira-Río, ele ficou na reserva.

FICHA TÉCNICA
PASSO INTERNACIONAL DO FUNDO 2 X 1

Data: 11/02/2016 (quinta-feira)
Localização: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Público: 10.132 pessoas (7.766 pagantes)
Renda: R $ 196.955,00
Árbitro: Francisco Neto
Participantes: Élio Nepomuceno e André da Silva Bitencourt
Cartões amarelos: Fernando Bob (INT); Dudu (PSF)
Objetivos: Eduardo Sasha, aos 32 minutos do primeiro tempo; Renan, 14 minutos no segundo tempo. Artur, 23 minutos no segundo tempo

INTERNACIONAL: Alisson William, Paulão, Réver e Artur; Fernando Bob, Rodrigo Dourado, Marquinhos (Anderson), Alex (Andrigo) e Eduardo Sasha; Vitinho
Técnica: Argel fode

Antecedentes Mateo Tiago, Léo, Gustavo e Alisson Gaúcho; Rudiero, Natan, Renan (Amaral) e Dudu; Jean Silva (Lucas Roggia) e Hyantony (Branquinho)
Técnica: Paulo Porto

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *