iOS 13.5: na fase secreta, o sistema lê o rosto com máscara e rastreia os contatos

Blog Entre Linhas

A semana foi cheia de atualizações para quem usa Iphone, iPad e Apple Watch. Na quarta-feira maçã Ele lançou o iOS 13.5 com algumas notícias interessantes, especialmente considerando os tempos atuais de quarentena.

Registro de exposição a covid-19

Certamente, o maior recurso novo no iOS 13.5 é o registro de exposição covid-19. A tecnologia foi desenvolvida em associação com o Google, para que dispositivos Android e iOS possam trocar pequenas informações aleatórias, permitindo o rastreamento de contatos de pessoas infectadas pelo vírus.

Explicando de uma maneira muito simples e resumida: todos os dispositivos equipados com essa tecnologia transmitem hashes de tempos em tempos, uma série de números aleatórios e, ao mesmo tempo, capturam hashes transmitidos por dispositivos próximos. O sistema armazena essas informações por um período máximo de 14 dias.

Quando uma pessoa é diagnosticada com covid-19, ela pode usar um aplicativo desenvolvido pela autoridade sanitária de sua região (estado ou país) para registrar seus hashes como “infectados”. Dessa forma, todas as pessoas que estiveram muito próximas da pessoa infectada podem ser notificadas, o que ajuda a impedir a transmissão da doença.

A tecnologia é uma alternativa muito superior em termos de privacidade em comparação com o que alguns governos gostariam de fazer, que seria capturar dados de GPS em um servidor central. Garante o anonimato dos dados e, ao mesmo tempo, permite notificar as pessoas que estiveram em contato com alguém infectado. Funciona via Bluetooth, não usa GPS e é totalmente opcional, o usuário deve ativá-lo manualmente.

Além das proteções destacadas acima, a Apple e o Google possuem mecanismos para ativar e desativar a função por região. Portanto, quando a pandemia está sob controle em uma determinada região, a função pode ser completamente desabilitada, sem a necessidade de uma atualização do sistema operacional.

O controle do recurso pode ser feito em Configurações, em Privacidade> Saúde. Por enquanto não é publicado no Brasil, pois depende da adoção da tecnologia pela autoridade sanitária local.

Identificação do Rosto da Máscara

O Face ID tornou os dispositivos de desbloqueio muito mais simples – basta olhar para o dispositivo e ele será desbloqueado. O mesmo não pode ser dito para usar máscara de identificação facial – como cobre a maior parte do rosto do usuário, acaba inutilizando o Face ID.

Existem alguns truques que podem ajudar, como treinar o Face ID com metade do seu rosto coberto por uma máscara, mas os resultados variam muito de pessoa para pessoa; Não consegui fazer esse truque no meu iPhone 11 Pro.

A solução é inserir o código de desbloqueio ao usar uma máscara e você precisa desbloquear o dispositivo. O problema que aconteceu antes do iOS 13.5 é que o sistema ainda estava tentando desbloqueá-lo usando o reconhecimento facial, mesmo que o rosto estivesse coberto por uma máscara. Com o iOS 13.5, se o sistema detectar que o usuário está usando uma máscara, ele será direcionado diretamente para a tela de entrada de código, tornando o processo muito mais rápido.

Obviamente, essa solução não é ideal, mas como o Face ID envolve tudo, desde o desbloqueio do dispositivo até a autenticação para pagamentos, não é fácil ajustá-lo para funcionar com uma grande parte da face ausente. A solução ideal seria um dispositivo com ambas as tecnologias (reconhecimento facial e impressão digital) e, de acordo com rumores, a Apple estaria trabalhando nele para um futuro dispositivo.

Melhorias no FaceTime

Com mais pessoas participando da videoconferência como forma de comunicação, os serviços de chamadas de vídeo, pessoais e profissionais, devem se adaptar. E foi o que a Apple fez no FaceTime para chamadas em grupo.

Antes, a pessoa que estava falando na chamada tinha sua imagem ampliada na tela do aplicativo, o que poderia complicar as chamadas com muitos participantes. Com o iOS 13.5, a Apple adicionou uma opção para desativar esse recurso, deixando todos os quadros fixos na tela.

É um pequeno ajuste, mas certamente ajudará aqueles que usam o aplicativo em chamadas com várias partes.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *