Japan House, centro cultural japonês na Av. Paulista, reabre nesta terça | São Paulo

O Centro Cultural Casa do Japão, construído pela comunidade japonesa na Avenida Paulista, foi reaberto ao público na terça-feira (20) após mais de seis meses fechado devido à pandemia do coronavírus.

O espaço volta a receber os visitantes com duas exposições inéditas: “O fabuloso universo de Tomo Koizumi”, que se encontra no rés-do-chão e apresenta 13 peças de Tomo Koizumi. O designer trabalha em produções exclusivas feitas de organza japonesa com cores e volumes extravagantes.

A segunda exposição, “Japonesia”, apresenta o trabalho do jovem fotógrafo Naoki Ishikawa, considerado um dos mais relevantes artistas da cena fotográfica japonesa atual.

O uso de máscara é obrigatório para funcionários e visitantes e as instituições podem operar com 60% de sua capacidade máxima.

Casa do Japão São Paulo – Foto: Marcelo Brandt / G1

Visitantes observam as obras da Japan House São Paulo em 2017 – Foto: Marcelo Brandt / G1

Escadaria da Casa Japonesa de São Paulo – Foto: Marcelo Brandt / G1

Os funcionários organizam os livros na biblioteca da Japan House, na Avenida Paulista, em São Paulo. O local possui um acervo variado, que vai da gastronomia à arquitetura japonesa – Foto: Marcelo Brandt / G1

Os destaques da Japan House São Paulo 2017 – Foto: Marcelo Brandt / G1

O banheiro da Japan House é tecnológico. Se for limpo automaticamente, o assento esquenta e tem um controle com botões que controlam os jatos na frente e atrás para limpar as partes íntimas – Foto: Marcelo Brandt / G1

Interior da Japan House São Paulo 2017 – Foto: Marcelo Brandt / G1

A animação ‘A História do Cortador de Bambu’ é vista dentro de uma estrutura de bambu na Japan House, em São Paulo. A história é uma narrativa milenar japonesa sobre o encontro de um humilde camponês e uma princesa encantada, que vem à Terra pelo caule de uma planta – Foto: Marcelo Brandt / G1

A estrutura chamada ‘A floresta de bambu’ é vista na Japan House, em São Paulo. No interior, os visitantes podem assistir à animação “O Conto do Cortador de Bambu”. A história é uma narrativa milenar japonesa sobre o encontro de um humilde camponês e uma princesa encantada, que vem à Terra pelo caule de uma planta – Foto: Marcelo Brandt / G1

Espaço de leitura da Japan House na Avenida Paulista, em São Paulo. O local possui um acervo variado, que vai da gastronomia à arquitetura japonesa – Foto: Marcelo Brandt / G1

Detalhe da área externa da Casa do Japão São Paulo – Foto: Marcelo Brandt / G1

Entrada da Casa do Japão na Avenida Paulista, em São Paulo, com escultura em bambu do artista Akio Hizume. A obra é composta por 600 canas de bambu e não necessita de juntas ou apoio no solo para se manter estável – Foto: Marcelo Brandt / G1

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci Shinoda

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *