Jennifer Maia mostra carreira, mas perde para a campeã Valentina Shevchenko por pontos | combate

Valentina Shevchenko ampliou seu reinado no Ultimate peso mosca neste sábado, na luta principal do UFC 255, em Las Vegas (EUA). A lutadora quirguiz defendeu o cinturão pela quarta vez ao derrotar a brasileira Jennifer Maia – que fez uma grande carreira nos cinco rounds – por decisão unânime (triplo 49-46).

– Fiquei feliz por ter feito cinco rounds depois de não lutar por tanto tempo. Eu precisava daquele espírito de luta para me mostrar que nada me preocupa. Eu sabia que Jennifer não seria uma luta fácil, eu vi o que ela faz, ela nunca desiste. Eu sabia que seria uma grande luta pelo título.

Valentina Shevchenko derrotou Jennifer Maia no UFC 255 – Foto: Getty Images

Dona de um pôster de 20 vitórias e três derrotas, Valentina Shevchenko perdeu pela última vez em 2017 para Amanda Nunes. Desde então, ela alinhou seis oponentes e, com quatro defesas de título, se consolidou como uma das melhores lutadoras de todos os tempos. Jennifer Maia, por sua vez, não conseguiu repetir a façanha da Invicta – prova da qual foi campeã – e sofreu o terceiro revés da carreira.

Valentina Shevchenko não trocou de pé por mais de 30 segundos com Jennifer Maia. O dono do cinto de segurança teve sucesso em sua primeira tentativa de queda. Lá em cima, ela trabalhou na guarda do brasileiro, que interrompeu o jogo de Valentina para evitar ser atingida. O atleta quirguiz – talvez preocupado com uma possível finalização – controlou as ações, sem punir o atleta da Chute Boxe.

No segundo round, Valentina Shevchenko fez um cinturão e derrubou Jennifer Maia no chão. Desta vez, o brasileiro se levantou rápido e se clonou no grid. A curitibana pressionou “Bala” contra a tela, irritada e ajoelhada. Jennifer então derrubou o campeão, controlando de cima. Valentina, por baixo, atacou no triângulo, bem defendida pelo desafiante. Depois de perder o primeiro set, Jennifer empatou na segunda rodada.

Jennifer Maia de Valentina Shevchenko: Calor no octógono – Foto: Getty Images

Valentina Shevchenko acertou duas cruzadas de esquerda com Jennifer Maia assim que a terceira rodada começou. Jennifer Maia respondeu da mesma forma: a campeã esquivou-se dela, porém, ela foi novamente pressionada contra a cerca. Com uma bala, “Bullet” se livrou do clinche e a luta voltou ao centro do octógono. De leve, Shevchenko golpeou novamente com o pé esquerdo e deu uma bela queda, pegando a curitibana no chão da jaula. Um minuto antes do final, Jennifer Maia, na corrida, levantou-se, acertou uma joelhada na cara da campeã, mas caiu no final.

A velocidade de Valentina Shevchenko deu o tom na quarta rodada. A campeã acertou socos no rosto de Jennifer Maia e saiu rapidamente para evitar ser atingida. Ao perceber a lacuna, trouxe a luta para o chão, trabalhando na meia-guarda e protegendo o rosto do adversário. Jennifer se virou para escapar, mas Shevchenko pressionou – e pesou – para impedir qualquer possibilidade de reação da atleta brasileira. E lá ficou até o gongo soar.

Valentina Shevchenko segue com o título do UFC – Foto: Getty Images

No intervalo da quinta rodada. O córner de Jennifer Maia avisou: conquistar o título, basta nocautear ou finalizar. No entanto, foi Valentina Shevchenko quem definiu o ritmo. “Bullet” deu o golpe, machucando o rosto do lutador da Chute Boxe. Jennifer enfrentou o campeão contra o grid e, em vão, tentou a finalização. Ao acertar Valentina Shevchenko contra o tatame, a campeã rapidamente se esquivou e acertou uma bela cotovelada, demonstrando velocidade, precisão e fôlego impressionantes.

Inscreva-se no The Fight e assista a todos os eventos do UFC ao vivo

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *