Jogador de basquete paulistano é o primeiro caso de coronavírus em atleta no Brasil

JBr.

O Brasil registrou na quinta-feira o primeiro caso do novo coronavírus em atleta profissional. O Paulistano, clube de São Paulo que contesta o NBB (New Basketball Brazil), emitiu um comunicado confirmando a contaminação pela doença em um jogador da equipe. Sem divulgar o nome, a equipe anunciou que, após ser internado, o paciente recebeu alta, está indo bem e se recuperou em casa.

O jogador começou a tossir e com falta de ar no último dia 13. Dois dias depois, seus sintomas pioraram quando ele estava com febre alta. Pouco tempo depois, foi encaminhado ao hospital Beneficência Portuguesa em São Paulo, onde foi isolado e submetido a uma série de exames. O resultado positivo para a infecção pelo novo coronavírus foi divulgado na noite de terça-feira.

Paulistano disse em uma nota que todos os membros da equipe técnica, outros jogadores e funcionários do clube que tiveram contato com o atleta infectado estavam em quarentena e isolados. Mesmo antes da confirmação do contágio, o conselho decidiu fechar o clube e cancelou o treinamento para equipes profissionais.

Antes deste caso no Brasil, o esporte mundial registrava confirmações de atletas com o novo coronavírus em várias modalidades. Na NBA, o primeiro infectado foi o francês Rudy Gobert, do Utah Jazz. No futebol da Espanha e da Itália, alguns clubes confirmaram ter mais de um jogador com a doença, como foi o caso de Valência, com cinco.

Status do conteúdo

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *