Jogadores que voltaram: Filipe Luis – Última palavra sobre futebol

Bem-vindo à série “Jogadores que retornam” da Última palavra sobre futebol. Nesta edição, olhamos para o lado esquerdo, Filipe luis.

O defesa passou duas passagens pelo Atlético de Madrid entre uma temporada frustrante no Chelsea. No total, o brasileiro disputou 333 partidas pela seleção espanhola, onde deu 30 assistências e marcou 12 gols.

Jogadores que retornam – Filipe Luis

Primeira fase no Atlético de Madrid

Filipe Luis ingressou no Atlético de Madrid em 2010, após quatro temporadas impressionantes no Deportivo. O lateral-esquerdo estreou-se frente ao Real Zaragoza e deu assistência a Diego Costa no único golo da partida. Ele viria a fazer 36 jogos em sua primeira temporada na capital, marcando uma vez em um jogo em casa contra o Real Sociedad.

Embora Luis não tenha marcado na temporada seguinte, ele participou 53 vezes em todas as competições e se tornou um jogador-chave com Diego Simeone, que chegou em dezembro de 2011. Ele também terminou a temporada vencendo a Liga Europa.

Mas demoraria pouco mais de um ano na direção de Simeone até que o brasileiro marcasse seu segundo gol no Atléti. Foi uma derrota por 2 a 0 sobre o Real Betis na Copa del Rey, competição que Luis venceria no final da temporada com a vitória sobre o rival Real Madrid na final.

Sua última temporada no Vicente Calderón também foi bem-sucedida. O zagueiro jogou 49 vezes em todas as competições com um gol na vitória da Liga dos Campeões sobre o Austria Wien, embora Os colchoneros ele perderia na final contra o Real. O Atléti também terminou a temporada como vice-campeão da Copa del Rey, antes de conquistar seu primeiro título da La Liga em 18 anos, tendo sofrido apenas 26 gols em 38 jogos.

Equipes em que Filipe Luis jogou no meio

Em julho de 2014, Filipe Luis mudou-se para Stamford Bridge após o Chelsea ter assinado o lateral-esquerdo em um negócio no valor de £ 15,8 milhões. Luis fez sua estreia pelos Blues com uma vitória de 6 a 3 no Everton, enquanto sua estreia na Liga dos Campeões foi no empate em 1 a 1 contra o Schalke.

O brasileiro marcou apenas uma vez em 26 partidas, quando marcou de lance livre na vitória por 3 a 1 sobre o Derby County na Copa da Liga. O Chelsea chegou à final e venceu a competição, embora Luis fosse um substituto não utilizado.

Apesar de passar apenas uma temporada na Premier League, Luis garantiu uma dobradinha doméstica depois que o Chelsea conquistou o título da Premier League, mas não tendo expulsado César Azpilicueta, José Mourinho permitiu que ele saísse.

Regresso ao Atlético de Madrid

O jogador de 29 anos regressou ao Atlético de Madrid por uma verba não revelada. Sua segunda estreia veio na vitória por 1 a 0 sobre o UD Las Palmas na abertura da temporada, antes de marcar seu primeiro gol pelo clube na segunda mão, em janeiro. O lateral-esquerdo participou 45 vezes em todas as competições, faltando apenas três devido a castigo, após ter sido expulso frente ao Barcelona. Mais uma vez, Luis e Atléti ficaram sem a Liga dos Campeões com uma derrota na final para o Real Madrid.

Nas três temporadas seguintes, Luis faria mais 108 partidas, marcando seis gols. Apesar de Os colchoneros não reivindicaria outra Liga, eles alcançariam as semifinais da Copa del Rey e da Liga dos Campeões antes de garantir a Liga Europa na temporada seguinte em sua primeira campanha no novo Wanda Metropolitano.

Internacional por 44 vezes pelo Brasil, o lateral-esquerdo ficou de fora da Copa do Mundo de 2018 depois de se machucar enquanto jogava pelo Atléti. Ele saiu no verão de 2019 e voltou ao Brasil, onde agora joga pelo Flamengo.

Foto de mão

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *