Juanes: “Gostaria que Messi ganhasse a Copa do Mundo”

Juanes (Carolina, Colômbia, 1972) nos conta sobre seu novo single, ‘amor proibido‘ (Amor proibido). Foi baseado num tema que surgiu com a pandemia de covid-19, quando olhou para um artigo de jornal onde falavam sobre o amor trancado. O colombiano está feliz, sorrindo com essa música que tanto quis criar e da qual espera uma ótima recepção. É claro que o entristece pensar que sua seleção colombiana não estará presente nesta Copa do Mundo no Catar.

-Você é um dos artistas com mais Grammys Latinos da história, e acaba de entrar no Hall da Fama dos Compositores Latinos. Nada mal, certo?

– Eu realmente gostei disso. Foi um sonho incrível, e nem no sonho mais ambicioso eu poderia imaginar que algo assim pudesse acontecer comigo. Você não pode chegar a lugar nenhum sozinho. Tem sido muita gente e muito trabalho e, bem, muito amor pela música. Estou muito grato.

Depois de falar sobre sua música e sua formação, surgiu o assunto de sua outra paixão, o futebol…

Tela completa

11/02/22 ENTREVISTA JUANES HOTEL ME FLORES DO INMADIÁRIO COMO

– A Copa do Mundo se aproxima, e sem a seleção colombiana…

– Não acredito, ainda me sinto em um pesadelo. É muito triste que a Colômbia não esteja aqui. É um duro golpe para nós não curtir a Copa do Mundo com a nossa seleção. Mas tem que ter calma… Vou continuar assistindo alguns jogos, mas vai ser difícil.

“Eu adoraria ser jogador, mas não joguei. Nunca tive facilidade para jogar futebol…”

johns

– Você também se considera um torcedor da seleção brasileira…

– Não faço parte de um time em particular, mas vejo como os brasileiros jogam, são tão bons, os argentinos… colombianos… O que eu amo nessas Copas do Mundo é o nível impressionante, a qualidade do jogadoras. , e isso a torna uma arte indiscutível. Eu gosto muito de futebol.

Eu adoraria ser jogador, mas não joguei. Eu nunca tive facilidade para jogar futebol, e quando a gente tinha educação física na escola e todo mundo corria para jogar futebol, eu pedia para a professora se eu podia correr pelo campo uma hora. Eu adorava correr, era minha terapia. Mas a música sempre esteve mais presente. Na verdade, quando eu era muito pequena eu era gordinha e comia batatas fritas no almoço e no jantar, então imagine como era minha condição física. Mas hoje gosto mais de esportes e faço algo todos os dias.

“Eles vão me matar, mas eu gostaria que Messi ganhasse a Copa do Mundo”

johns

– Qual jogador você vai acompanhar nesta Copa do Mundo?

– Eles vão me matar, mas eu gostaria que Messi ganhasse a Copa do Mundo. Na Argentina, todos são garotos muito jovens e muito novos, e todos estão torcendo por Messi, e isso pode funcionar para eles. Não que eu conheça futebol para lhe dizer muito.

– Uma previsão para a Copa do Mundo…

– Hmmm… seria entre Argentina, Brasil, Espanha e alguma surpresa por aí.

– Reflexões sobre James Rodríguez

– Para mim o James é uma estrela, é um grande jogador. Eu acho que ele é um grande cara e ele vai continuar. Ele marcou dois gols incríveis na Grécia, e acho que são momentos especiais. Você não pode estar sempre no topo.

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.