King Kong em Assunção, de Camilo Cavalcante, é o grande vencedor do Festival de Cinema de Gramado – Cultura

Um filme King Kong em Assunçãodo cineasta Camilo Cavalcante foi o grande vencedor do 48ª edição de Festival de Cinema de Gramado, que aconteceu na noite do sábado 26 na cidade do Rio Grande do Sul. O filme foi levado para casa no dia kikito para o melhor filme do evento, que foi transmitido remotamente do Palácio dos Festivais, na serra gaúcha. Devido às restrições impostas pela nova pandemia do coronavírus, o público acompanhou o resultado por meio da transmissão virtual .

Marla Martins e Renata Boldrini conduziram a cerimônia, com apresentações de artes pré-gravadas. A edição tem curadoria de Marcos Santuario, Pedro Bial e Soledad Villamil, que fizeram a palestra de abertura do evento.

VEJA OS VENCEDORES

Mostra de curtas brasileiros

Melhor Sound Design: Isadora Torres e Vinicius Prado Martins, por Receita de caranguejo

Melhor Partitura: Hakaima Sadamitsu M Takara, por Atordoado fico alerta

Melhor Direção de Arte: Francisco Ricardo Lima Caetano, por O barco e o rio

Melhor Ator: Daniel Veiga, por Voce tem olhos tristes

Melhor Edição: Ana Júlia Travia, por Voce tem olhos tristes

Melhor Fotografia: Valentina Ricardo, por O barco e o rio

Melhor Roteiro: Matheus Farias e Enock Carvalho, de Inabitável

Melhor Atriz: Luciana Souza, por Inabitável

Prêmio Especial do Júri: Preta Ferreira, por Receita de caranguejo

Prêmio Canal Brasil: Inabitável

Júri popular: O barco e o rio

Melhor Diretor: Bernardo Ale Abinader, por O barco e o rio

Melhor filme: O barco e o riopor Bernando Ale Abinader.

Programas de filmes estrangeiros

Melhor Ator: Anibal Ortiz, por Matar um morto

Melhor Fotografia: Nícolas Trovato, por O Silêncio do Caçador

Melhor Roteiro: David David, de A fronteira

Melhor Atriz: Daylin Vega Moreno e Sheila Monterola, por A fronteira

Prêmio especial do júri: A grande viagem ao pequeno país

Melhor Filme (Júri Popular): A grande viagem ao pequeno país

Melhor Diretor: Mariana Viñoles, por A grande viagem ao pequeno país

Melhor filme: A fronteirapor David David.

Longa-metragem brasileiro

Melhor Design de Som: Bernardo Uzeda, de Em pedaços

Melhor Fotografia: Pablo Baião, por Em pedaços

Melhor Canção (Partitura): Salloma Salomão, por Todos os mortos, e Shaman Herrera, para King Kong em Assunção

Melhor Direção de Arte: Dina Salem Levy, por Um animal amarelo.

Melhor Roteiro: Felipe Bragança, de Um animal amarelo.

Melhor Ator Coadjuvante: Tomás Aquino, por sua atuação em Todos os mortos.

Melhor Atriz Coadjuvante: Alaíde Costa, por sua atuação em Todos os mortos.

Melhor Ator: Andrade Júnior, por sua atuação em King Kong em Assunção.

Melhor Edição: Eduardo Gripa, por Me liga eu vou.

Melhor Atriz: Isabel Zuaa, por Um animal amarelo.

Melhor Filme (Júri Popular): King Kong em Assunçãode Camilo Cavalcante.

Melhor Diretor: Ruy Guerra, por Em pedaços.

Menção honrosa a Higor Campagnaro, em Um animal amarelo.

Prêmio especial para Elisa Lucinda, por sua atuação em Por que você não chora.

Melhor longa-metragem do Rio Grande do Sul: Portuñolde Thais Fernandes.

Melhor filme: King Kong em Assunçãode Camilo Cavalcante.

Júri da crítica

A Comissão de Juízes Críticos foi composta pelos jornalistas especializados Amanda Aouad, Caroline Zatt, Isabel Wittmann, Lúcio Vilar e Matheus Pannebecker

Melhor curta: Inabitávelde Matheus Farias e Enock Carvalho.

Melhor longa-metragem brasileiro: Um animal amarelode Felipe Bragança.

Melhor longa-metragem estrangeiro: A grande viagem ao pequeno paíspor Mariana Viñoles

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci Shinoda

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *