Lago Sul e Plano Piloto juntam-se a mais 19 casos cobiçados no DF

A região central do Distrito Federal possui o maior número de pacientes infectados com o novo coronavírus na capital. É isso que o Departamento de Saúde informa.

Um boletim informativo em pasta, fechado às 15h08 desta quarta-feira (25), traz uma análise através de dados de 161 pessoas infectadas (o DF já possui 196 casos, mas 35 pacientes não confirmaram seu endereço). Dos 161, 47 são residentes do Plano Piloto e 34 do Lago Sul.

A terceira região administrativa com maior número de pacientes infectados é a região sudoeste / octogonal, com 17 casos confirmados, seguida por Águas Claras, com 16, e Guará, com 11.

O documento também mostra que existem nove ARs no DF sem casos de coronavírus. São eles: Brazlândia, Itapoã, Fercal, Cidade Estrutural, Riacho Fundo II, Varjão e Recanto das Emas. O Setor de Armazenamento e Abastecimento do Norte (Saan) também é mencionado no boletim como uma região sem registros de infecção por covid-19.

Os casos de infecção pela doença podem chegar a 200 em breve. Foto: Vítor Mendonça / Jornal de Brasília

Cinco casos graves

Dos 196 pacientes infectados, 11 estão hospitalizados. Destes, seis estão em estado grave e cinco têm infecções críticas. 185 pessoas estão em casa, 121 com sintomas leves e 64 ainda sob investigação.

Transmissão comunitária

O Departamento de Saúde também afirma que nove casos foram classificados como transmitidos pela comunidade, quando não é possível saber de onde veio o vírus.

Morte em Luziânia

Uma mulher de 66 anos, que mora em Luziânia-GO, no Distrito Federal, morreu do novo coronavírus. A informação foi confirmada pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado. Segundo Caiado, a vítima sofria de hipertensão, doença pulmonar obstrutiva crônica e diabetes. É a primeira morte devido a uma doença no Centro-Oeste.

You May Also Like

About the Author: Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *