LeBron comanda o show para o Lakers, que joga por 4-1 no Rockets e retorna à Final Oeste após 10 anos | nba

Dez anos depois, o Los Angeles Lakers está de volta em uma final de conferência. A seca terminou com uma forte vitória sobre o Houston Rockets no jogo 5 da semifinal Oeste: 119 a 96 e 4 a 1 na série. Com outro bom trabalho defensivo, o implacável LeBron James e um festival de três bolas, o tradicional time da Califórnia deu mais um grande passo em direção ao sonho do título. A marca de 19 chutes de três artilheiros é um recorde da franquia nos playoffs. No final da conferência, o Lakers enfrenta o vencedor da série entre Clippers e Nuggets.

Los Angeles Lakers x Houston Rockets – LeBron James – Foto: Michael Reaves / Getty Images

Neste sábado, Los Angeles ganhou o apelido de ‘Lakeshow’. Liderada por LeBron, a equipe teve uma largada avassaladora, com show de três bolas e ótima defesa. As receitas caíram no segundo trimestre, mas reafirmaram sua superioridade nos dois últimos períodos. Além de 29 pontos (com 3 bolas de três e 50% de aproveitamento dos chutes), LeBron também teve 11 rebotes.

E se Anthony Davis foi discreto (13 pontos e 11 rebotes), a equipe compensou a diferença com o brilhante Markieff Morris no perímetro (4-4 em 3s), Alex Caruso distribuindo tocos (um deles cinematográfico) e Danny Green produtivo. no ataque. (14 pontos). A equipe conseguiu vencer apesar de um festival de 20 bolas perdidas.

O caminho para a sobrevivência do Rockets era claro: abandonar a sufocante defesa do Lakers, que praticamente deixou Harden empatado no quarto game. Depois de um primeiro quarto desastroso, Houston teve a coragem de se recuperar e se manter no jogo no quarto. Segue.

Harden foi mais ativo e assertivo no ataque (12-20 no tiro), mas não teve muita ajuda, pois apenas Westbrook e Jeff Green quebraram todos os 10 pontos. Assim, o jogo contundente do Lakers falou mais alto e a equipe texana sai da bolha e do sonho do título.

Los Angeles Lakers
LeBron James: 29 pontos, 11 rebotes, 7 assistências, 2 roubos de bola e 1 toco
Markieff Morris – 16 pontos, 3 rebotes, 3 assistências
Kyle Kuzma – 17 pontos, 4 rebotes, 2 assistências e 1 toco
Danny Green – 14 pontos, 4 rebotes e 1 assistência
Anthony Davis – 13 pontos, 11 rebotes, 4 assistências e 1 toco

Foguetes Houston
James Harden – 30 pontos, 6 rebotes, 5 assistências, 1 roubo de bola e 1 toco
Russell Westbrook – 10 pontos, 4 rebotes, 6 assistências, 2 roubos de bola
Jeff Green: 13 pontos, 2 rebotes e 2 cotos

Voltar para a final da conferência
A última vez que o Los Angeles Lakers esteve em uma final de conferência foi em 2010. Naquela época, o time venceu o Phoenix Suns por 4 a 2, derrotando o Boston Celtics por 4 a 3. Arizona, o Lakers ainda tinha Kobe Bryant em seu auge. Com 37 pontos no Black Mamba no jogo 6, o time fechou a série.

LeBron implacável em jogos decisivos
Em jogos de playoff que podem encerrar uma série (eliminação), LeBron James agora tem 37 vitórias e 10 derrotas. A maioria das perdas veio nos primeiros anos dos Cavaliers. O Rei Jaime entrou em quadra depois de ter vencido 14 dos últimos 15 jogos nessa circunstância.

Lebron e Davis indigestos
LeBron James e Anthony Davis são o primeiro par de companheiros de equipe a ter uma média de pelo menos 25 pontos e 10 rebotes por jogo em uma série de playoffs desde 1961.

Lutando por rebotes? Que luta ?!
Assim como no jogo 4, neste sábado, o Los Angeles Lakers engoliu o Houston Rockets novamente na briga por rebotes. Na quinta-feira, a pontuação do item era 52-26. Naquele sábado, 50-31.

Marca negativa para foguetes
Foi a primeira vez que o Houston Rockets perdeu quatro jogos consecutivos do playoff desde 1996. A última vez que isso aconteceu, o time foi varrido pelo Seattle Supersonics na semifinal ocidental.

(1º) Foguetes 3 x 1 Lakers (5º) – Semi Oeste

1º quarto: com um show de três bolas (7 !!!), os Lakers tiveram um começo perfeito
O Lakers manteve sua estratégia de bola pequena, dando a Markieff Morris a vaga para JaVale McGee na equipe titular. E começaram bem, apostando nas três bolas e no ataque de LeBron James à cesta. Só nos primeiros três minutos, houve três bolas de três e uma vantagem de 11 pontos. Harden estava enrugado, bem marcado e Westbrook teve um início ruim e errático no final.

LeBron foi o ponto focal do ataque do Lakers e saiu como a cesta da equipe. Markieff Morris estava logo atrás dele, quente de campos externos. Kuzma e Caldwell-Pope também brilharam com chutes externos e os Lakers deixaram os Rockets em uma posição delicada. No final do primeiro quarto, o Lakers venceu por 35-20.

Segundo quarto: os foguetes se recuperam e dão trabalho aos Lakers
O bom final do primeiro período combinado com o bom início do segundo permitiu ao Rockets fechar a lacuna para 7 pontos. Essa reação foi motivada por um banco liderado por Ben MacLemore. Com LeBron no comando e a defesa funcionando bem novamente, o Lakers voltou a colocar a vantagem em dois dígitos.

Um toco de Caruso em Harden levantou o banco dos Lakers e deu moral à equipe. Curiosamente, o brilhantismo de Los Angeles no jogo não teve a mão de Anthony Davis, que jogou de forma muito discreta. O power forward cresceu na reta final do período, e apesar de ter melhorado muito em relação ao trimestre anterior, o Rockets entrou no intervalo perdendo 62 a 51.

3º trimestre: Lakers recupera ampla liderança com LeBron liderando
LeBron continuou a liderar o Lakers no intervalo, ajudando a equipe a manter a liderança de 10 pontos. Depois de uma série de 9 a 0, o time se viu com uma vantagem de 16 pontos.

LeBron era o dono do jogo, a cesta principal, e praticamente não cometia erros em suas decisões na quadra. O Rockets jogou novamente no primeiro quarto, sendo fortemente dominado e com Harden limitado. No final do terceiro quarto, o LA venceu por 95-69, ficando muito perto da qualificação.

Quarto quarto: Lakers confirma a classificação com retumbante vitória
A festa de três bolas do Lakers continuou no quarto período, mesmo com Houston já no tatame. A 5 minutos do fim e com uma vantagem de 29 pontos, o Lakers começou a retirar de campo seus principais jogadores, já com a certeza de que a classificação não escaparia.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *