Libra do Brasil escolhe Mubadala Capital como seu patrocinador financeiro – Sportico.com

A Liga de Futebol Brasileiro (Libra), uma das duas ligas de futebol recém-fundadas no Brasil, concordou em vender 20% dos direitos comerciais da liga por US$ 971 milhões para Mubadala Capital de risco. O contrato vem após meses de negociações conduzidas pelo banco de investimentos brasileiro BTG Pactual e Codajas Sports Kapital.

Libra tem 90 dias para responder à oferta de Mubadala. O objetivo da liga é ter pelo menos 16 equipes da primeira divisão a bordo para receber o investimento de Mubadala. No entanto, Libra não precisa ter todos os clubes para comercializar a liga.

Pessoas familiarizadas com o negócio disseram Esportes que Mubadala foi um dos três clubes de empresas de investimento que fizeram uma oferta oficial pelos direitos. As outras duas eram firmas de private equity sediadas nos Estados Unidos.

“Ao centralizar o produto de forma coesa, com governança adequada e uma equipe de gestão de classe mundial, você criará alinhamento em um grupo diversificado de clubes, garantindo a maximização do valor em todas as suas propriedades comerciais ao longo do tempo”, Juan Arciniegas, diretor administrativo e chefe de investimentos em esportes, negócios e entretenimento na 777 Membrosditado Esportes.

Arciniegas, dono do clube de futebol Vasco da Gama, foi membro do comitê financeiro da Libra e representou o Vasco nas negociações. “Como resultado, esperamos que a receita de transmissão e comercial aumente substancialmente no próximo ciclo e além, aumentando a competitividade da liga e de seus clubes membros”.

A empresa-mãe da Mubadala Capital é a Mubadala Investment Company (MIC), com sede em Abu Dhabi, que possui um extenso portfólio em esportes e mídia, incluindo Yes Network, Endeavor, SportRadar, o Campeonato Mundial FIM Supercross e o Mubadala Silicon Valley Classic WTA. Nível 500. . Torneio de tênis. A empresa também investiu em várias empresas sediadas em Abu Dhabi que patrocinam o Manchester City, campeão da Premier League inglesa do ano passado.

A Mubadala Capital detém a participação majoritária na IMX Sports and Entertainment, com sede no Rio de Janeiro, que opera o estádio do Maracanã e o torneio Rio Open Tennis.

“A formação de uma liga será realmente transformadora para o futebol brasileiro”, disse Arciniegas.

Libra é formada por clubes da primeira divisão flamingo, Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo, Vasco, Botafogo, Grêmio e Cruzeiro, Guaraní, Ituano, Novorizontino, Ponte Preta, Red Bull Bragantino da segunda divisão. A LFF é composta por 25 clubes, principalmente da segunda divisão.

O único time que ainda não se juntou a nenhum grupo é o Esporte Clube Bahia, que o City Football Group comprou recentemente.

Após uma transição na temporada 2023-2024, a Libra estará totalmente operacional a partir de 2025, disseram pessoas familiarizadas com o assunto. Esportes. Uma pergunta permanece: Libra e LFF chegarão a um consenso para criar uma liga com 40 clubes?

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.