Lisca elogia campanha do América na Série B e marca pontos até a decisão contra o Palmeiras

O técnico Lisca destacou o desempenho de América na vitória por 2-1 sobre ele Juventude, esta terça às Independência, através de 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico valorizou a constante campanha do Coelho na competição e em Copa brasil. “A equipe jogou muito bem. Ele está fazendo uma grande Série B e vem de uma classificação histórica na Copa do Brasil (no Internacional, sobre as sanções). Vencemos de um adversário forte e bem qualificado com um alto investimento. A América foi muito superior no primeiro semestre. O América jogou melhor, até teve chance de fazer 3 a 1, mas hoje não foi necessário. A equipe não sofreu ”, analisou o comandante em entrevista coletiva pós-jogo no Horto.

Com o resultado desta teoria, a América superou o Sampaio corre e retomou a segunda posição na tabela da Série B, com 43 pontos. A equipe de Lisca abriu três pontos de ataque sobre o Maranhão e reduziu a distância para Chapecoense, líder da competição, com 47. Juventude completa o G4, com 37 pontos.

Mesmo com o topo da tabela se aproximando, Lisca descartou que o título da Série B seja o foco da América. O gacho também projetou pontuações para que o time fique mais tranquilo na reta final do Segunda moeda e concentrar forças para semifinais da Copa do Brasil contra Palmeiras, em 23 e 30 de dezembro. A equipe mineira decide o jogo em casa..

“Penso em ganhar o máximo de pontos possível nos sete jogos que faltam para o jogo contra o Palmeiras. Queremos fazer um pouco mais 15 pontos até essa decisão. Nos últimos 24 pontos, vai depender de dois, três vencedores. Não estamos preocupados com o que os outros fazem. Nossa luta com nós mesmos. Para ter experiência em running points, temos que chegar a 64, no mínimo, sem esperar o final do campeonato, que é muito apertado ”, avaliou.

“Acredito que a Chapecoense já tenha subido. Os jogadores ficaram até um pouco chateados com a gente, mas se os pegarmos, vamos subir e lutar pelo campeonato. Nosso foco principal é o acesso. Temos um confronto direto com a Chapecoense. Se pudermos conhecê-los até lá, uma conquista não fará mal a ninguém e também seria muito interessante. Nosso objetivo é somar pontos e não nos preocupar com os adversários. Tem rodadas que são boas, tem rodadas que são ruins, mas temos que fazer a nossa parte ”, destacou.

Próximo oponente

Na próxima rodada, a América enfrenta Oeste, Lanterna Série B, com 11 pontos. Apesar da situação delicada do rival, Lisca espera um jogo difícil para o América nesta sexta-feira, às 19h15, em Arena Barueri, em São Paulo.

“Na sexta-feira temos um grande jogo contra o Oeste. As pessoas podem pensar que podemos ficar calmos porque o Ocidente está na parte inferior da mesa, mas vice-versa. uma equipe lutando pela recuperação. Eu conheço bem o espírito dessas equipes. Eu já passei por isso. um time que está cada vez mais forte e é fácil trazer jogadores de grandes times para São Paulo. um jogo difícil. Vamos descansar bem para ver o que articulamos para o jogo ”, concluiu.