Lorenne destaca novidades no SESC

Rio de Janeiro, Brasil, 31 de julho de 2020 – O clube brasileiro de voleibol SESC RJ entrará na temporada de clubes 2020-2021 com um plantel renovado depois que a seleção carioca anunciou seis adições ao seu plantel.

Entre eles está o jogador de 24 anos contra Lorenne Teixeira, que volta após passar as últimas três temporadas em outros clubes brasileiros. Lorenne, que integrou a equipe do SESC 2015-2016 que conquistou a Superliga Brasileira, a Copa do Brasil, a Supertaça do Brasil e o Campeonato Sul-Americano de Clubes, está na Seleção Nacional desde 2018 e conquistou uma medalha por Prata na FIVB 2019. Liga das Nações de Voleibol.

“É ótimo estar de volta com uma perspectiva diferente”, disse ele. “A equipe manteve a maior parte do seu núcleo e isso nos coloca um passo à frente de nossos rivais. Vamos trabalhar muito e com um plantel sólido e experiente, tenho certeza que faremos uma ótima temporada. Fui um jogador diferente na minha primeira temporada no SESC porque ainda era muito jovem e espero poder ajudar da melhor forma possível.

A seleção contra Lorenne Teixeira é a principal contratação da equipe para a próxima temporada.

Lorenne terá a tarefa de substituir a campeã olímpica de Londres 2012, Tandara Caixeta, que voltou ao Osasco e é a principal saída do time na última temporada. As outras novidades são o levantador Juma Silva, ao lado de Sabrina Machado, das zagueiras Valquiria Dulius e Lívia Santos, e da atacante Ana Cristina Souza.

O SESC tem mantido um núcleo forte que inclui ex-integrantes da seleção brasileira, como a armadora Fabiola Souza, a zagueira Juciely Barreto e as atacantes Drussyla Costa e Amanda Francisco, que é a capitã da seleção.

Seleção do SESC RJ Flamengo já começa a se preparar para a Superliga 2020-2021

A equipe, 12 vezes campeã da Superliga Brasileira e duas vezes medalha de prata no Mundial de Clubes Femininos da FIVB, terá uma nova cara na quadra na próxima temporada após firmar parceria com o clube de futebol Flamengo. um dos mais populares do país.

O Flamengo, que teve um time disputando as duas últimas edições da Superliga, também tem uma rica história no vôlei, já que o clube foi sede de vários grandes nomes do esporte, como o campeão olímpico de vôlei de praia Jackie Silva e Bicampeão olímpico Libero Fabi. Alvim. O clube passou a se chamar SESC RJ Flamengo.

“Já estávamos conversando há algum tempo”, disse o técnico Bernardo Rezende sobre o sindicato. “Ter a solidez de um projeto como o SESC aliado ao reconhecimento da marca que um clube como o Flamengo carrega nos fortalecerá. Sabemos que este é um momento difícil para o esporte no mundo, mas nosso objetivo é iniciar um projeto que possa inspirar muitos outros em nosso país ”.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *