Lucas Silva nega ter sido expulso do ônibus e diz que permanece no Olympique – 11/02/2016

Lucas Silva nega ter sido expulso do ônibus e diz que permanece no Olympique - 11/02/2016

Após a notícia de que o presidente do clube, Vicent Labrune, o expulsou do técnico do Olympique de Marseille no dia 2 deste mês, quando a equipe estava indo para a partida contra Montpellier, o meia defensivo Lucas Silva publicou um texto nas redes. Quarta à noite, negando veementemente o fato. Segundo a imprensa francesa, Labrune teria ficado zangado com o brasileiro, que havia concordado em se transferir para o Anderlecht na Bélgica. O meio-campista deu sua versão, explicando que ele não seguiu seus companheiros de equipe para o jogo, justamente pela possibilidade de ser negociado.

– No último dia da janela de transferências (1º de fevereiro), eu estava no ônibus para viajar com a equipe e, devido às negociações em andamento com os clubes europeus, a OM me instruiu a ficar em Marselha, como talvez eu precise. viajar a qualquer momento. Nunca fui expulso do ônibus, como informaram alguns meios de comunicação, disse Lucas, que publicou o texto em espanhol e francês.

Considerada uma das grandes revelações do futebol brasileiro nos últimos anos, Lucas Silva foi negociado no ano passado pelo Cruzeiro pelo Real Madrid, da Espanha, por 15 milhões de euros (cerca de R $ 45 milhões na época). Sem espaço em Madri, foi entregue aos franceses até junho deste ano. Na quarta-feira, o técnico do Olympique Michel disse que o jogador propôs clubes brasileiros e que ele poderia voltar ao Brasil em breve. Apesar disso, Lucas disse que vai honrar seu contrato até o final da temporada.

– De fato, há o interesse dos clubes persas brasileiros, que eu aprecio. No entanto, não faz parte do planejamento do Real Madrid ou do meu plano de carreira retornar ao Brasil neste momento. Sou grato ao Real Madrid pelo apoio recebido durante esse processo – disse ele.

VEJA O TEXTO PUBLICADO POR LUCAS SILVA:

“No início da temporada 2015/2016, devido ao excesso de atletas de fora da UE, o Real Madrid me emprestou à OM. Nessa ocasião, houve propostas de clubes persas. Decidi assumir o compromisso com a OM devido ao grande interesse do presidente e do treinador. .

Desde a minha chegada, minha dedicação ao clube tem sido essencial. Por exemplo, decidi, por minha própria iniciativa, fazer um trabalho com um dos melhores treinadores físicos do Brasil, o que me colocou na melhor forma física da minha carreira.

No último dia da janela de transferências, eu estava no ônibus para viajar com a equipe e, devido às negociações em andamento com os clubes europeus, a OM me aconselhou a ficar em Marselha, pois talvez eu tenha que viajar a qualquer momento. Eu nunca fui expulso do ônibus, como alguns meios de comunicação relataram.

Depois que meu agente garantiu que todos os meus interesses fossem preservados, eles me notificaram das propostas recebidas. Decidi ficar na OM porque acredito que devemos honrar os compromissos assumidos. Além disso, sou um atleta que sempre cresceu enfrentando grandes desafios e tenho o hábito de enfrentá-los e vencê-los.

De fato, há o interesse de muitos clubes brasileiros, o que eu aprecio. No entanto, não faz parte do planejamento do Real Madrid ou do meu plano de carreira retornar ao Brasil neste momento. Agradeço ao Real Madrid pelo apoio recebido durante esse processo.

Aproveito esta oportunidade para confirmar que continuarei na OM até o final do meu contrato com o clube.

Estou calmo e consciente da minha dedicação ao clube. Agradeço ao treinador e aos meus colegas de trabalho que sempre me apoiaram.

Também sou muito grato aos fãs da OM pela maneira como eles me receberam em Marselha. Garanta que minha dedicação ao clube esteja completa e que farei o possível para ajudar a equipe “.

You May Also Like

About the Author: Manoel Menezes

"Analista hardcore. Viciado em Twitter. Comunicador. Jogador sutilmente encantador. Fã de bacon. Fanático por álcool irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *