Maicon revela ameaças por provocar o Inter, mas não desiste: “Temos que aguentar” | Guilda

Se os coloradenses esperam que as ironias de Gremista acabem, eles devem encerrar uma sequência de nove jogos sem vitórias, Gre-Nal.. O tricolor promete continuar jogando com todas as rebatidas do maior rival. Mesmo que resulte em algumas ameaças, como Maicon revelou.

Como desde 2016, quando o Grêmio retomou a trajetória do título, a vitória por 2 a 0 no clássico na noite desta quarta-feira, com a conquista do segundo turno e a classificação por decisão do Gauchão, o vestiário ficou inundado pela festa.

O tradicional “minuto de silêncio para o Inter morto” ganhou a companhia de outras piadas. A maioria deles é movida pelo volante. Maicon organizou um show ao vivo em sua conta do Instagram para compartilhar a festa com torcedores, impedidos de ir ao estádio devido à pandemia do coronavírus.

E ele não perdeu a oportunidade de provocar. O “cavalo cansado”, como ele se autodenominava, zombava do anexado colorado para estatísticas, mas isso não se traduz em vitórias.

Maicon zomba do Inter nas redes sociais – Foto: Reprodução

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, Maicon avaliou a buzina como algo natural e que brilha no futebol. Principalmente não esquecer que, durante o período de seca sindical, as piadas vinham do lado vermelho. O que mudou com a era das vitórias vindo da Arena.

– Por um tempo, nosso rival fez muito isso. Agora que a nossa vez está errada? Nao vejo. Você tem que aguentar, não tem como. O futebol é assim mesmo. Não adianta querer ficar sozinho ao seu lado. E deve haver. Quando você ganha, pode jogar, pegar a onda. Faz parte do futebol. Isso ilumina. Claro, com respeito – comentou o capitão tricolor.

O discurso de Maicon continuou na mesma linha sobre as inúmeras perguntas sobre o assunto durante a conversa de 22 minutos. Ele até comentou sobre supostas ameaças ao grupo de jogadores do Grêmio. Mas ele garantiu que as provocações vão continuar.

Maicon fez um dos gols da vitória tricolor no Gre-Nal – Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

– Recebemos mensagens engraçadas, que vão nos matar, que vão fazer isso, aquilo. Mas quando se trata deles, fica difícil. Complicado, não aceite. Entramos para jogar o melhor futebol, torcer para a torcida, ganhar, sem querer ter problemas. Nada. O futebol é resolvido em campo. A relação é profissional, de respeito. Somos pais – acrescentou.

Um avaliador provocador, Maicon sabe que não pode baixar a barra de desempenho, assim como seus colegas. Por isso, promete a mesma entrega para que o Grêmio continue na luta pelos títulos aos quais aspira.

Neste domingo começa a caminhada para mais um copo. Às 19h, os homens de Renato Gaúcho fazem a estreia pelo Brasileirão contra o Fluminense, na Arena.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *