Mesmo com uma vitória medíocre, Bonamigo destaca aspectos positivos: “Fomos duros” | remo

Não foi como a torcida queria, mas foi o suficiente para conquistar os três pontos. Chegando à fase final da primeira fase da Série C, a vitória de Remo por 1 a 0 sobre o Treze, no 14º dia de competição, foi fundamental para a classificação da comissão técnica. Apesar do desempenho abaixo das expectativas, o técnico Paulo Bonamigo disse que pode tirar aspectos positivos da partida contra a Paraíba.

  • Veja a classificação do Brasileirão Série C

– Felizmente, a competitividade prevaleceu. Acho que a equipe teve uma característica de melhora, com muita vontade. O adversário também foi valente. Acho que no contexto dos 90 minutos, estamos felizes com esta vitória, principalmente por causa dos problemas de lesão que surgiram e que impediram o nosso progresso na competição, disse Bonamigo.

Segundo a matemática da comissão técnica do Remo, o Leão Azul só precisará de mais três pontos para se classificar.

Outro ponto criticado pela torcida foi a falta de ímpeto azul na primeira etapa. Após o gol de pênalti de Salatiel, Remo deu um passo para trás e deu a Treze espaço para criar uma chance de empate. Segundo Bonamigo, as mudanças no intervalo foram necessárias para que a equipe igualasse as ações.

– No segundo tempo conseguimos entrar bem no jogo, com um pouco mais do estilo de jogo da nossa equipe. Começamos a movimentar a bola mais rápido, a forçar as laterais do campo, como o time gosta de jogar. Controlamos o jogo até os minutos 20/25, podíamos ter marcado o segundo gol, tínhamos duas bolas na trave, tivemos um pequeno problema na decisão, para encontrar um companheiro melhor colocado.

Apesar da melhor partida para a segunda fase, após a largada de 20 minutos, o time azul caiu no desempenho. A falta de preparação física chamou a atenção e o Leão deu lugar a Trezes novamente. Para garantir a vitória no placar, Remo contou com grandes defesas do goleiro Vinícius. Segundo Bonamigo, o clube vem sofrendo constantes lesões, o que comprometeu o desempenho no final da partida.

– Só tenho que dar os parabéns ao grupo, porque não é fácil. Alguns jogadores que não jogam há muito tempo. Jogamos com quatro ou cinco que não estavam em condições normais. Tivemos jogadores, como Eduardo Ramos e Walace, que tiveram pequenas lesões que dificultaram uma exibição de 90 minutos. Tivemos que administrar durante o jogo, cada um jogando 45 minutos, praticamente. Temos que nos recuperar.

O próximo compromisso de Remo com a Série C será em Sexta-feira, 13, às 20h, contra o Santa Cruz, no Mangueirão.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *