México Sub-23 x Brasil Sub-23 – Relatório da partida de futebol – 3 de agosto de 2021

O atual campeão Brasil derrotou o México por 4 a 1 nos pênaltis na semifinal do futebol olímpico masculino em Saitama, na terça-feira, após um empate em 0 a 0 na prorrogação.

A partida foi uma repetição da final olímpica de Londres 2012, que o México venceu por 2 a 1.

– Suporte e acessórios de futebol dos Jogos Olímpicos masculinos
– Vickery: Brasil tem coragem de chegar à final

O México agora tem a chance de ganhar o bronze.

“Estamos tristes por não estarmos na final, mas nem tudo está perdido”, acrescentou. O meio-campista do México Uriel Antuna disse. “Agora temos que lutar pela medalha de bronze. Queremos levar essa medalha para casa conosco.

“Somos uma família e lutamos até o fim. Os pênaltis são uma loteria e nós ganhamos o pior. Temos que nos recuperar e apoiar aqueles companheiros que erraram os pênaltis. Eles têm todo o meu apoio. A equipe continua unida e nós vamos lutar por essa medalha. “.

O Brasil, campeão que conquistou o ouro nas Olimpíadas de 2016, teve o melhor do primeiro tempo, mas o segundo ficou aquém das expectativas.

Richarlison esteve perto de vencer no regulamento ao acertar a trave com um cabeceamento após cruzamento de Dani Alves.

A partida foi para a prorrogação e, enquanto o Brasil parecia mais propenso a abrir o placar, a partida terminou sem gols aos 120 minutos e foi para a marca de chutes.

Dani Alves marcou o primeiro pênalti do Brasil, antes que Eduardo Aguirre tivesse seu pênalti defendido. O atacante do Arsenal, Gabriel Martinelli, colocou o Brasil na frente por 2 a 0 com um pênalti brilhante e o segundo remate do México através de Johan Vásquez acertou no poste.

Bruno Guimarães deu um passo à frente e colocou o Brasil no controle total, antes que Carlos Rodríguez colocasse o México no conselho. Com o placar de 3 a 1, Reiner sabia que um gol o garantiria para o Brasil e não se enganou.

“Tivemos a chance de ganhar o jogo no tempo regulamentar, mas não foi possível.” O capitão do Brasil Dani Alves disse. “Acho que o destino queria que fosse assim. Tenho muito respeito pela seleção mexicana, gosto muito deles, mas só um passou e, felizmente, fomos nós.

“O México é um rival que respeitamos muito pela escola de futebol que tem e como luta nos jogos. Já sofremos com esse rival. Mas isso é futebol. Tivemos uma atuação muito boa, sofremos na hora de , mas acho que merecíamos estar lá nesta final.

“Resta um jogo. Precisamos manter nosso foco e concentração. É muito difícil vencer jogos quando você enfrenta adversários tão diferentes. Isso requer uma grande adaptação. Temos uma equipe que controla muito bem e nos dá o necessário informações e valeu a pena. Só temos que dar mais um passo. “

O técnico do Brasil, André Jardine, acrescentou: “Devemos nos dar os parabéns pelo jogo que fizemos. Não arriscamos, fomos sólidos. Procuramos o gol o tempo todo. O resultado, passando pelos pênaltis, na minha opinião, coroou a equipe que sempre tentou ataque, para se qualificar no tempo normal de jogo.

“Nós merecíamos e, no final, era essa a sensação que tínhamos. Se você merece vencer durante o jogo, as coisas acontecem nos pênaltis”. O México tem um ótimo nível. É uma equipe que se defende muito bem e também é muito perigosa no ataque. Foi preciso muita concentração de nossa parte. “

O Brasil enfrentará os vencedores da outra semifinal de terça-feira entre Espanha e Japão na partida pela medalha de ouro.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *