Missão da NASA com cápsula SpaceX pronta para decolar 26/05/2020

Alphabet doará mais de US $ 800 milhões para ações de combate ao Covid-19 - 27/03/2020

Kennedy Space Center, Etats-Unis, 26 de maio de 2020 (AFP) – A Flórida teve um dia nublado nesta terça-feira (26), na véspera do lançamento planejado de um foguete SpaceX com dois astronautas a bordo, na missão mais perigosa e perigosa . alto nível já confiado pela NASA a uma empresa privada.

Apesar das condições climáticas adversas no sudeste dos Estados Unidos, a previsão do tempo para o lançamento é 60% favorável, de acordo com o último boletim para Cabo Canaveral.

Depois de completar uma quarentena rigorosa de dois meses, Bob Behnken e Doug Hurley comandarão a cápsula do Crew Dragon, que será lançada por um foguete SpaceX Falcon 9, empresa fundada em 2002 pelo visionário Elon Musk.

Criador dos carros elétricos da Tesla, Musk fez sua fortuna com o PayPal e, obcecado por Marte, não hesitou em entrar na corrida espacial.

O destino: a Estação Espacial Internacional (ISS), que orbita 400 km acima do nível do mar, a 27.000 km / h.

Para os Estados Unidos, o sucesso desta missão será uma fonte de orgulho nacional, pois desde o último vôo de um ônibus espacial em 2011, o país usou foguetes russos para viajar ao espaço, perdendo sua autonomia.

Nem a pandemia do COVID-19 nem o confinamento imposto para impedir a propagação da doença representaram um freio no lançamento.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, observará a tão esperada decolagem, sendo o terceiro agente ativo a acompanhar um voo tripulado, depois de Richard Nixon e Bill Clinton.

“Toda a América terá a chance de ver nosso país fazer algo incrível novamente”, disse o administrador da NASA Jim Bridenstine na terça-feira.

A agência espacial americana reviveu um logotipo chamado “o verme”, usado na década de 1970, que adornará o foguete com suas linhas vermelhas, um sinal de nostalgia pelo poder e pela corrida para conquistar o espaço.

A SpaceX fez história ao se tornar a primeira empresa a colocar uma cápsula com suprimentos para a ISS em 2012. Dois anos depois, a NASA ordenou avançar para enviar astronautas, adaptando a cápsula Dragon para o transporte de passageiros.

Assim, ele colaborou com o sonho original de Musk: “colocamos janelas na versão de carregamento do Dragon”, recordou na segunda-feira Hans Koenigsmann, vice-presidente da SpaceX.

“Nós fundamos (a empresa) na idéia de vôo espacial humano”, acrescentou, movido.

– Atrasos: o programa, no qual a NASA investiu mais de US $ 3 bilhões, está três anos atrasado. A Boeing está construindo a cápsula Starliner separadamente, com um atraso ainda maior.

Após um bem-sucedido voo de teste não tripulado no ano passado, uma cápsula do Crew Dragon explodiu durante um teste de solo dos propulsores. O desenvolvimento dos quatro paraquedas grandes na cápsula de retorno também sofreu alguns contratempos.

Mas, após milhares de análises, a NASA acredita que está pronta para transportar dois de seus astronautas em cima de um foguete de 500 toneladas cheio de combustível.

“Nunca nos sentimos confortáveis ​​porque é aí que paramos de fazer perguntas”, disse Kathy Lueders, diretora do programa de voos tripulados da NASA. “Estaremos em alerta até Bob e Doug voltarem para casa”, acrescentou.

– Convidados russos: o clima continua sendo a única variável incontrolável. Mas “a tendência é boa”, disse Bridenstine, apesar da chuva que o forçou a realizar uma conferência de imprensa em uma área coberta e não em frente ao grande relógio em contagem regressiva.

A decisão de adiar o lançamento pode ocorrer até 45 minutos antes do lançamento, agendada para as 16h33, horário local (17h33, Brasília). As próximas janelas de lançamento em potencial serão no sábado e domingo.

Uma vez em órbita, a cápsula com Doug Hurley e Bob Behnken levará 19 horas para atracar na estação. Os astronautas poderiam ficar lá até o início de agosto.

A viagem de volta será como a das cápsulas da Apollo: ela cairá no mar, neste caso no Oceano Atlântico, na costa da Flórida.

Se a missão for bem-sucedida, voos regulares tripulados começarão. A viagem de três americanos e um japonês para a ISS já está marcada para o final de agosto. Nas próximas missões, serão convidados parceiros europeus e canadenses.

Os russos, que construíram a ISS juntamente com os americanos, concordaram em manter sua antiga associação espacial, que “realmente é geopolítica acima do solo”, segundo Bridenstine.

ico / la / gfe / yow / mvv

PayPal

BOEING

TESLA ENGINES

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *