Multinacional italiana compra catarinense de software por R $ 100 milhões – Pequenas Empresas Grandes Negócios

Wagner Muller da Compufour (Foto: Compufour / Divulgação)

Dois Programas Os gigantes criados nas pequenas cidades se uniram, mas um está no Brasil, enquanto o outro está na Itália. Santa catarina Compufour hoje anuncia seu compra pela software house italiana Abobrinha.

A transação foi avaliada em R $ 100 milhões e divulgado exclusivamente para Pequenas e grandes empresas. As duas empresas trabalham com softwares para micro, pequenas e médias empresas. Enquanto a Zucchetti ampliará sua presença no país, a Compufour terá um reforço em sua tecnologia e em sua força de vendas.

Ideia de negócio: do computador ao software
A Compufour foi criada há 25 anos, em Santa Catarina. O negócio começou banindo equipamentos como impressoras e computadores. O software era uma espécie de hobby que não gerava receita, mas a participação em feiras gerava vendas. Nos anos 2000, a Compufour parou de vender equipamentos para se concentrar em seus sistemas verticais para o gerenciamento de pequenas e médias empresas.

“Nosso objetivo é fornecer as bases necessárias para o empresário. Permitimos o cadastramento de clientes e fornecedores, o controle de receitas e despesas, a gestão de estoques e a emissão de cupons e notas fiscais ”, afirma o cofundador e CEO, Wagner Muller. Hoje, a Compufour atende a 40.000 empresas de varejo e serviços.

Sede da Compufour (Foto: Compufour / Divulgação)

Sede da Compufour (Foto: Compufour / Divulgação)

Venda e planos para o futuro
As conversas entre Compufour e Zucchetti começaram em janeiro deste ano. “Vários jogadoras eles nos fizeram ofertas nos últimos dois anos. Vemos a venda não apenas como uma oportunidade para tornar os parceiros lucrativos, mas como uma forma de dar continuidade ao negócio. Vimos muita sinergia, porque temos histórias semelhantes ”, diz Muller.

Compufour nasceu em Concórdia, uma pequena cidade catarinense. A Zuchetti foi criada na pequena comuna italiana de Lodi, na região da Lombardia. As duas empresas expandiram suas operações para além das fronteiras regionais. Em 40 anos de história, a Zucchetti atingiu 6.000 funcionários e 400.000 clientes em países como Alemanha, Espanha, Estados Unidos, França e Suíça. Em 2019, a software house italiana faturou 850 milhões de euros, cerca de R $ 5,6 bilhões.

Alessio Mainardi (Zucchetti) e Wagner Muller (Compufour) assinam um acordo de fusão (Foto: Compufour / Divulgação)

Alessio Mainardi (Zucchetti) e Wagner Muller (Compufour) assinam um acordo de fusão (Foto: Compufour / Divulgação)

Segundo o diretor-geral da Compufour, a penetração em todos os estados brasileiros e os anos de conhecimento em matéria tributária pesaram na convicção de Zucchetti, que busca fortalecer sua presença no país. Ao lado da empresa catarinense, interveio uma equipe de 1.200 profissionais de pesquisa e desenvolvimento da Zucchetti, que pode ajudar a oferecer mais tecnologia de ponta aos pequenos varejistas brasileiros. Big data, computação em nuvem e maior usabilidade em telefones celulares estão nos planos da Compufour.

As duas empresas também atuam no modelo de distribuidor: a Compufour tem 1.700 associados, enquanto a Zucchetti tem 1.100 no Brasil. Com essa fusão, fortalecemos ainda mais nossas campanhas de atração e nossos produtos ”, resume Muller.

As duas marcas vão operar de forma autônoma por enquanto. A Compufour manterá seus atuais 104 funcionários, distribuídos em Concórdia e Florianópolis. A catarinense aumentou sua base em 10% neste ano. Em 2021, o plano é atingir 45 mil clientes do software.

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci Shinoda

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *