Na noite de Thaísa, Minas atropela Sesc-Flamengo pela Superliga Feminina: 3 a 0 | voleibol

Maior bloqueadora da Superliga 2020/21, Thaísa deu mais uma prova do grande momento que vive em sua carreira. Nesta sexta-feira, em partida válida pela nona rodada, o bicampeão olímpico comandou a vitória por 3 sets a 0 (parciais de 25/20, 25/18 e 25/20) de Minas sobre o Sesc-Flamengo, de Bernardinho, na Arena Minas . . Foi a segunda derrota do Rubro-Negro em seis jogos disputados nesta temporada. O Minas, por sua vez, venceu sete das oito partidas que disputou até o momento.

Melhores momentos: Minas 3 x 0 Sesc-Flamengo pela Superliga de Voleibol Feminino

Saldo apenas no início

O jogo começou equilibrado e com muitas alternâncias no placar. Depois de ver Sesc-Flamengo abrir por 7 a 5, o Minas empatou em 7 a 7 com Camila marcando o sétimo ponto no ataque da direita. Minutos depois foi a vez, com Thaísa: 9 a 8. Quando os mineiros marcaram 11 a 8, Bernardinho parou o jogo pela primeira vez.

Mesmo com a paralisação, o time local continuou dominando. Por erro de Juciely, o Minas abriu por 15 a 11. Pouco depois, no bloco de Thaísa, o time de Belo Horizonte fez 20 a 15, liderando a vitória no set. Sem forças para reagir, o Sesc-Flamengo – que lançou o Lorenne, se recuperando de lesão em alguns momentos – viu o rival fechar o set em 25 a 20.

Bloqueio Sesc-Flamengo tenta barrar ataque mineiro – Foto: Orlando Bento / MTC

A equipe carioca voltou mais atenta ao segundo set, que foi tremendamente disputado nos primeiros pontos. Na melhor jogada da partida, a bola ficou 38 segundos sem cair até que Gabiru marcou no bloco e fez 6 a 6. A um ponto de Ana Cristina, o Sesc-Flamengo saiu na frente: 8 a 7. Minas empatou minutos depois, quando Camila marcou 11-11.

O jogo ia e vinha até o Minas abrir por 17 a 14. A partir daí, o Sesc-Flamengo não foi mais encontrado e o Minas Gerais fez de tudo para vencer no set. Quando Thaísa fez 21 a 17, Bernardinho parou o jogo. Em vão. Minas continuou dominando e venceu o set por 25-18.

Nervoso, o Sesc-Flamengo continuou cometendo muitos erros no terceiro set, como no chute em que Amanda atacou, sem marcar, e Minas fez 6 a 4. Logo em seguida, Carol Gattaz se levantou sozinha e se jogou no chão, marcando 7 a 5. ponto de Thaísa em bola de segunda-feira – 12 a 8 – Bernardinho pediu tempo.

Cena mineira x Sesc-Flamengo – Foto: Orlando Bento / MTC

Com Juciely e Pri Daroit bem na rede, o Sesc-Flamengo reagiu no meio do set, diminuindo a diferença para um ponto três vezes. Mas o Minas contou com Thaísa e Carol Gattaz, que voltaram a ditar o ritmo na pontuação final, levando o time mineiro à vitória por 25-20.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *