Na RedeTV!, Sikêra Jr. acusa Xuxa de pedofilia e pede desculpas pelas drogas no noticiário

Sikêra Jr. fez um ataque verbal contra Xuxa Meneghel em seu programa Alerta Nacional, da RedeTV!, Nesta sexta-feira (23). Por cerca de dez minutos, ele chamou a anfitriã de “pedófila”, “ex-rainha” e acusou-a de se desculpar pelas drogas.

O motivo do ataque é o livro Maya, Baby Rainbow, lançado pela Xuxa em plataformas digitais na semana passada, que conta a história de uma menina que tem duas mães. Sikêra Jr. disparou crimes homofóbicos contra o livro, dizendo que o apresentador quer “levar as crianças à travessura, prostituição e suruba”.

“Aquela que se autodenomina rainha. Aquela que vai lançar um livro LGBT infantil. Olhe para o filho dela, olhe para a filha”, disse a anfitriã. “O mesmo que fez um filme de nudez com uma menina de 12 anos. Ex-rainha, quero dizer-lhe que a pedofilia é crime e não prescreve ”, continuou.

Em seguida, ele lembrou do episódio em que Xuxa afirmava que sua filha Sasha consome maconha e já a ofereceu a ele. “Sua filha diz que lhe ofereceu maconha. Pedir desculpas pelas drogas também é crime, ex-rainha”, continuou ele.

“Eu era menino, era seu fã, meu sonho desde criança era ir ao seu show”, disse Sikêra, que no entanto é apenas três anos mais nova que Xuxa. “Você acabou de fazer um evento apenas para um grupo de focas, seu programa não decolou. Não sei como os bispos e pastores ainda concordam”, continuou ele.

Em seu perfil no Instagram, Xuxa postou uma história de Sikêra zombando da zoofilia. Solicitado pela reportagem para comentar o caso, não foi manifestado até a publicação deste texto.

Entusiasmado com o lançamento do livro, Xuxa já passou sua mensagem para os “odiadores” na rede social. “Meu arco-íris BB está vindo a este mundo com tanta necessidade de amor. Sei que este livro não é só para os pequenos mas para o mundo todo. Sei que muitos, sem ler, vão querer criticar, mas ela só quer colocar música, sorriso e alegria ” na vida de quem sabe que Deus é amor ”, escreveu o apresentador.

Política de Comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o tema veiculado nas notícias, de forma democrática e respeitosa. Comentários anônimos que violem leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilegais ou criminosas não são aceitos. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos que usem palavrões, incitem a violência, expressem discurso de ódio ou contenham links são sumariamente removidos.

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci Shinoda

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *