“Nasci de novo”, diz uma mulher que passou na rua quando um avião monomotor caiu em SC | Santa Catarina

Pelo menos três vezes por semana, a terapeuta Letícia Schaeffer da Silva, 31 anos, anda pelas ruas perto de sua casa em Guabiruba, no vale do Itajaí. Neste sábado (25), quando estava quase terminando o exercício, ficou surpreso com a acidente de avião monomotor, a poucos metros de onde ele acabara de passar.

“O susto foi ótimo, no começo fiquei muito traumatizado, mas agora estou mais calmo, mais calmo. Posso dizer que nasci de novo e que a vida é um descanso”, disse Letícia.

UMA uma câmera de monitoramento em casa capturou o acidente de avião e Letícia está assustada. Os dois ocupantes do avião deixaram o motor sozinho, disseram os bombeiros. Eles sofreram ferimentos leves e foram hospitalizados. De acordo com o irmão do piloto, a suspeita é que ocorreu uma falha no motor.

Avião monomotor cai em Santa Catarina

Diferentemente dos outros dias, Letícia foi passear sem ouvir suas músicas favoritas no celular e decidiu fazer hooponopono, uma prática havaiana de repetir algumas palavras de perdão e carinho.

“Meu dia foi atípico. Fui passear sem telefone celular, no meio do caminho percebi que não tinha máscara. Por coincidência ou não, comecei a prática exatamente onde o avião caíra, repetindo 108 vezes ‘Desculpe, me desculpe, Eu amo você amor, sou grato. ” Comecei por lá, já havia me virado e estava concluindo “, afirmou.

Segundo ela, por estar praticando, ela apareceu nas imagens com as mãos em posição de oração. Depois de dar alguns passos para ajudar os dois ocupantes do avião, ele voltou para casa.

“Voltei andando e chorando, refletindo que a vida é um fôlego, hoje estamos aqui amanhã, talvez não. Para refletir sobre a vida, se vale ou não o que estamos fazendo”, declara.

Os dois ocupantes da avião monomotor que caiu permanecer hospitalizado em condição estável. A suspeita é que ocorreu uma falha no mecanismo. Segundo Amilton José Reis, irmão do piloto, os ocupantes do avião tentaram pousar na estrada após perder altitude, mas atingiram um cabo na rede elétrica.

Avião monomotor cai em Guabiruba e deixa dois feridos

Avião monomotor cai em Guabiruba e deixa dois feridos

O avião caiu às 10h38 na Rua José Júlio Schumacher, morro acima. Imagens tiradas por uma câmera de vigilância doméstica mostra o momento da queda. O avião cai e atinge uma parede. Casas e veículos não foram atingidos.

Fábio Juliano Reis, 35, e Alessandro Cunhago, 33, saíram aproximadamente uma hora antes do aeródromo em Abrupt, também no Vale do Itajaí, que pertence a Amilton, irmão do piloto. Segundo ele, o avião tinha mais de mil pés de altura quando houve uma falha no motor.

Acidente de avião que ocorreu no sábado de manhã em Guabiruba – Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação

Na tarde de sábado, eles ainda estavam hospitalizados e sua saúde estava estável, de acordo com funcionários do hospital Azambuja em Brusque. Durante o dia, a rua onde ocorreu a queda foi isolada para avaliação e investigação e foi libertada às 22h10 do sábado, segundo o Corpo de Bombeiros.

A Aeronáutica confirmou que irá investigar o caso e, inicialmente, coletará dados com um registro fotográfico, removerá partes da aeronave para análise, coletará documentos e relatórios de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos. A conclusão do trabalho não tem prazo definido, de acordo com a agência.

Acidente ocorreu em um bairro residencial de Guabiruba – Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação

A aeronave é do modelo Kolb Flyer, o prefixo PU-OOO, foi fabricado em 2009, tem capacidade para 598 kg e é composto por um comandante e um passageiro, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Por se tratar de um avião experimental, não possui uma caixa preta. O modelo possui documentação atualizada, de acordo com a agência.

Veja outras notícias do estado em G1 SC

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *