Neto diz que Coelho não pode comandar o Corinthians e escolhe Felipão como técnico ideal

Neste domingo, o programa “Mesa Redonda”, da Tv gazeta, teve a participação ao vivo do ex-jogador e atual comentarista Neto. O ídolo de Corinthians Comentou o momento vivido pelo Timão e afirmou que o treinador Dyego Coelho, que lidera a equipa interinamente após a expulsão de Tiago Nunes, não está em condições de ser treinador do clube Alvinegro.

“Coelho não tem condições de liderar o Corinthians. Ele não é um treinador para dirigir uma equipe tão forte como o Corinthians, disse Neto antes de criticar uma das declarações do técnico após o jogo. derrota por 2 a 1 para o Fluminense, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

Neto também avaliou negativamente o desempenho do técnico interino e adjunto Mauro da Silva durante a partida contra o Tricolor das Laranjeiras.

Para o ídolo alvinegro, o time que jogou no Maracanã estava “mais desorganizado” do que nos últimos jogos com Tiago Nunes no comando.

“Queixavam-se da desorganização da equipa, e hoje desorganizam mais que o Tiago Nunes, na minha opinião como comentador. E quando você quer ter uma associação, ela não existe. A parceria é com a esposa, com o filho, não com o jogador de futebol que ganha R $ 800 mil por mês ”, acrescentou.

Com 9 pontos conquistados em 9 jogos disputados pelo Brasileirão, o Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), quando enfrenta o Bahia, na Arena Neo Química.

FELIPÃO É O NOME IDEAL

Neto disse ainda que gostaria de ver Luiz Felipe Scolari, do Felipão, no comando do Corinthians. O apresentador disse que o comandante pode ser uma boa opção para a equipe voltar a se encontrar na temporada.

Segundo o comentarista, o Alvinegro precisa de um técnico maior que os medalhões do elenco, como Cássio e Fagner, já que, na sua opinião, esse é um dos principais fatores que estão deixando o clube em crise.

“O Luisão disse que ele (Felipão) concorda em ser treinador do Corinthians. Ficou triste com a forma como o afastou do Palmeiras. Ele se ofereceu contra Tiago Nunes, mas o Corinthians disse que não. Eu gostaria. Claro que era o nome do momento, abaixar a bola, ser maior que o Cássio, Fagner … Todo mundo, eles iam calar a boca. O único treinador capaz de fazer isso é ele ”, disse.

Ao longo de sua carreira como treinador, Felipão coleciona várias polêmicas com o Corinthians. Foi com ele no banco que o Palmeiras eliminou rivais em duas edições consecutivas da Libertadores (1999 e 2000).

Em 2010, quando o clube do Parque São Jorge lutava pelo título brasileiro, Scolari foi acusado de fazer uma partida contra o Fluminense, que também lutava pela taça. Meses depois, ele discutiu com Tite no limite do campo durante um clássico.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *