Neymar afirma que foi ‘atacado’ online depois de mostrar apoio ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

Neymar afirma que foi ‘atacado por pessoas falando sobre democracia’ depois de mostrar apoio ao polêmico presidente brasileiro Jair Bolsonaro nas redes sociais…

  • Neymar, atacante do PSG, afirma que foi ‘atacado’ por apoiar o presidente do Brasil
  • Jair Bolsonaro busca reeleição como presidente do Brasil no domingo
  • Ele enfrenta Lulu, que anteriormente liderou o país de 2003 a 2010.
  • Neymar publicou uma música e uma dança em apoio à campanha do presidente

Neymar afirmou que foi ‘atacado’ nas redes sociais por expressar publicamente seu apoio ao polêmico presidente brasileiro Jair Bolsonaro, que busca a reeleição no domingo.

O astro do PSG postou um TikTok dele mesmo com uma música pró-Bolsonaro e imitou o número 22, número de votação do político para a eleição. O vídeo conquistou quase 12 milhões de visualizações e 1,6 milhão de curtidas.

Mas agora o atacante brasileiro atacou as críticas que recebeu por apoiar Bolsonaro, destacando a hipocrisia dos abusos de “pessoas que falam sobre democracia”.

Jair Bolsonaro recebeu apoio público no TikTok do atacante do PSG Neymar

Ele está concorrendo à reeleição como presidente do Brasil depois de ter sido eleito inicialmente em 2019.

O ala brasileiro dançou uma música pró-Bolsonaro e imitou seu número de voto no TikTok

O ala brasileiro dançou uma música pró-Bolsonaro e imitou seu número de voto no TikTok

“Eles falam sobre democracia e muitas coisas, mas quando alguém tem uma opinião diferente, são atacados pelas mesmas pessoas que falam sobre democracia”, escreveu ele no Twitter. ‘Vai entender.’

Bolsonaro já havia recebido apoio de Neymar após visitar uma organização sem fins lucrativos dirigida por Neymar na Praia Grande.

Neymar disse depois: ‘Agradeço sua ilustre visita. Queria estar lá, infelizmente estou longe. Mas eu estarei com você na próxima vez. Estou muito feliz porque você está aí.’

Bolsonaro já recebeu apoio do astro do Tottenham, Lucas Moura, que lhe disse cara a tampa: ‘Não vejo um candidato presidencial perfeito, mas não posso negar que Bolsonaro é a coisa mais próxima do que acredito.’

Lucas Moura, do Tottenham, também saiu para apoiar Bolsonaro

Lucas Moura, do Tottenham, também saiu para apoiar Bolsonaro

No entanto, a relação do presidente com o futebol nem sempre foi fácil, pois em 2021 eclodiu uma disputa pela decisão de sediar a Copa América no Brasil, apesar do aumento dos casos de coronavírus.

Bolsonaro se opôs ao distanciamento social e outras políticas de covid durante a pandemia, dizendo que as medidas de bloqueio matam mais do que o vírus.

Ele foi comparado a Trump por seu estilo anti-establishment e por seus fervorosos apoiadores.

O homem de 67 anos enfrentará o ex-presidente Lulu nas eleições deste fim de semana, com este último liderando as pesquisas.

Anúncio publicitário

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.