No Manchester United por 14 anos, Henderson deve ter uma chance e finalmente fazer sua estreia no clube

Para o fã de Manchester United, pouco importa o jogo contra o Luton Town, nesta terça-feira (22), pela terceira rodada da Copa da Liga Inglesa. Mas o jogo tem um significado muito especial para quem espera há anos pela oportunidade de se estrear oficialmente num dos clubes mais tradicionais da Europa.

Dean Henderson deve ser uma das primeiras vezes do técnico Ole Gunnar Solskjaer para a partida desta tarde, que será transmitida ao vivo pela ESPN Brasil fazemos App ESPN, a partir das 16h15 (Brasília). Se entrar em campo, o goleiro realizará um sonho que teve nove anos atrás, quando pisou pela primeira vez em Old Trafford.

O inglês chegou ao United em 2011, aos 14 anos, foi contratado pelo Carlisle, clube modesto que hoje faz parte da quarta divisão inglesa. Ele passou por toda a base e foi incluído pela primeira vez por Louis van Gaal, em 2016, para uma partida contra o Shrewsbury, pela Copa da Inglaterra. Repetiu o feito no ano seguinte, na mesma competição, mas com outro treinador: José Mourinho.

A história de Henderson com a camisa vermelha foi interrompida em 2017, quando ela foi emprestada para Shrewsbury Town. Ele foi titular e um jogador-chave para vencer a League One, equivalente à terceira divisão do país.

Na temporada seguinte, ele foi designado para Sheffield United e repetiu a trajetória de sucesso. Mais uma vez, como dono da posição, Henderson ajudou a equipe na conquista do Campeonato. Ele fez tanto que o clube o manteve na temporada de reviravolta na Premier League, quando o goleiro apareceu na nona melhor campanha da liga.

Após três anos de empréstimo, o goleiro teve a oportunidade de voltar. Henderson ganhou um novo contrato, até 2025, e um aumento salarial significativo: ele recebe, segundo os jornais ingleses, 120 mil libras esterlinas (R $ 832 mil) por semana, a mais que o brasileiro Alisson, de Liverpool, com £ 90.000 (R $ 624.000), e Ederson, da Cidade de Manchester, com 65 mil libras (R $ 450 mil).

A expectativa em Old Trafford é que Henderson vá efetivamente disputar o título com David de Gea, um espanhol que já teve dias melhores no clube e cujas derrotas na temporada passada aceleraram o retorno do competidor. O inglês pode demonstrar, a partir desta terça-feira, que de facto tem capacidade para assumir o cargo.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *