Novo presidente da SLU vai contratar mais 400 varredores de rua

O novo presidente do Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal, Edson Duarte, que assumiu o cargo ontem, substituindo Felix Angelo Palazzo, anunciou que o governo do DF fará uma emenda aos contratos assinados com as três empresas de limpeza e coleta urbana. de lixo. Eles servem a cidade para permitir a contratação de 400 novos varredores de rua.

“Esta medida fornecerá dois benefícios. Primeiro, ele abrirá empregos e será de grande importância na luta contra o coronavírus. ”

Duarte foi presidente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IBRAM).

O novo CEO da SLU disse que as três empresas que realizam o serviço de coleta de lixo no DF nesta semana iniciaram a limpeza diária de todos os hospitais do DF com água quente e produtos químicos. A limpeza foi iniciada nas unidades de Ceilândia, Sobradinho e Hran (Asa Norte). Posteriormente, a iniciativa foi estendida a outros, como o Hospital de Base, o Hospital Universitário, o Hospital Materno-Infantil e Planaltina. O trabalho será de segunda a sábado, sem prazo final. A limpeza do hospital é feita entre as 19h. e 3 da manhã

Em Hran, por exemplo, a limpeza será realizada às segundas, quartas e sextas-feiras. Em Taguatinga, Brazlândia e Samambaia, o trabalho será realizado duas vezes por semana. Em Gama, Santa María, Guará e Unidades de Pronto Atendimento (UPA), assepsia será realizada todos os dias. Cada “limpeza” possui três caminhões-pipa, com 12.000 litros de água quente cada, usando uma substância de limpeza pesada que é administrada por quatro varredores de rua.

Primeira reunião

Na primeira reunião com a equipe da SLU, Edson Duarte lidou com a realocação das equipes de limpeza urbana. “Descobrimos que o lixo residencial aumentou, pois as pessoas estão em casa, enquanto o lixo no centro da cidade, locais que concentram escritórios, diminuiu. É por isso que pedimos aos contratados que enviem o equipamento para onde ele é mais necessário.

Outro passo dado na reunião com a equipe da SLU foi determinar as empresas que fornecem aos varredores de rua o Equipamento de Proteção Individual (EPI) necessário para o trabalho. “Garis já está usando equipamento de proteção, mas agora esse cuidado precisa ser intensificado. O lixo doméstico agora é um risco mais alto, pode estar causando contaminação por coronavírus “, afirmou Edson Duarte. De acordo com o novo presidente da SLU, também foi solicitado que as concessionárias de limpeza urbana do Distrito Federal aumentassem a conscientização dos varredores de rua sobre a necessidade de fazer bom uso do material de proteção fornecido a eles.

Na reunião de ontem, Edson Duarte também tratou da criação de novos tanques para depósitos de lodo no aterro sanitário do DF. Segundo ele, a estação chuvosa, que ainda não terminou, aumenta o lixiviado e é necessário depositar novas lagoas sanitárias para depositá-las. A reunião com a equipe foi positiva. Estou vindo para a SLU para colaborar. Atualmente, estou mapeando a situação. O trabalho iniciado continuará ”, concluiu.

You May Also Like

About the Author: Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *