Novos JAC T40 Plus, T50 Plus e T60 Plus chegam ao Brasil; veja o que muda

UMA JAC Fecha o ano de 2020 no Brasil com estreias importantes e a gama de SUVs praticamente renovada para 2021. Prova disso é o lançamento na sexta-feira (11) do redesenhado T40, T50 mim T60, que chegou ao mercado com novos equipamentos, atualizações cosméticas e o sobrenome Plus (adotado para mostrar o nível de mudanças).

Começando com o T40 Plus, o face lift inclui grade dianteira redesenhada (agora com mais detalhes em preto em vez de cromados) pára-choques revisados, luzes diurnas de LED nos faróis (e não mais no pára-choque) e nevoeiro remodelado. Completam o pacote rodas de liga leve com novo design, faróis com design interno de elementos refeitos e pára-choque traseiro com linhas mais limpas.

Na lista de equipamentos padrão, estão novidades como teto solar com acionamento elétrico, câmera 360º e sistema multimídia com tela de 10 polegadas compatível com Android Auto e Apple CarPlay. Completa o pacote com controles de estabilidade e tração, sensores de estacionamento, freios a disco nas 4 rodas, sensor de pressão dos pneus, entre outros.

A versão CVT adiciona um sistema start-stop e ar condicionado eletrônico com ajuste automático de temperatura. Como opção, a marca oferece o chamado Pack 3, que agrega bancos de couro e câmera traseira por R $ 3 mil. Na tabela, o T40 Plus MT custa R $ 79.990, enquanto o CVT custa a partir de R $ 88.990.

Sob o capô, a versão manual de 5 velocidades possui um motor flexível 1.5 VVT 16V com 125/127 cv de potência e torque de 15,5 / 15,7 kgfm. O modelo CVT (com 6 marchas simuladas) adota um motor 1.6 DVVT 16V com 138 cv de potência e 17,1 kgfm de torque. Em todos os casos, a garantia de fábrica é de 6 anos.

T50 Plus

No T50 Plus, as novidades são muito mais significativas. A frente, por exemplo, foi totalmente redesenhada e não se parece em nada com o modelo anterior. Os faróis foram divididos em dois conjuntos, o superior encarregado de abrigar os LEDs diurnos e o inferior os tradicionais. A grade também é nova, com filetes horizontais e detalhes em prata, assim como o pára-choque.

Na lista de itens padrão, o SUV possui 6 airbags (2 frontais, 2 laterais e 2 head, tipo cortina), teto solar elétrico e kit multimídia com tela de 10,25 polegadas compatível com Android Auto e Apple CarPlay. Custa R $ 101.990 com o chamado Pack 2 e chega a R $ 105.990 com o Pack 3, que agrega câmera 360º e poltronas de couro.

Mecanicamente, o motor é igual ao do primo T40 Plus CVT: 1.6 DVVT 16V com potência de 138 CV e torque de 17,1 kgfm. Os dados de fábrica indicam uma aceleração de 0 a 100 km / h em 11,3 segundos e uma velocidade máxima de 198 km / h.

T60 Plus

No mesmo footprint, o T60 Plus muda todo o conjunto frontal e surpreende com a ousadia das novas linhas. Os faróis também são divididos e chamam a atenção para o efeito dos LEDs diurnos posicionados próximos ao capô. A parte traseira acompanha as mudanças com faróis redesenhados e agora interligados por uma faixa vermelha iluminada que atravessa a tampa do porta-malas.

No compartimento do passageiro, a lista de novidades inclui um painel de instrumentos digital, uma nova central multimídia de 10,25 polegadas compatível com Android Auto e Apple CarPlay, uma calha central para controles de ar condicionado e, como os demais, um teto solar elétrico eletricamente. Custa R $ 118.990 na versão Pack 2 e chega a R $ 121.990 no Pack 3 (que acrescenta couro e câmera reversa).

Nesse caso, o motor é um 1.5 turbo i-VVT, capaz de entregar 168 cv a 5.500 rpm e 21,4 kgfm de torque entre 2.000 e 4.500 voltas. Segundo a JAC, a aceleração de 0 a 100 km / h leva 9,6 segundos e a velocidade máxima chega a 195 km / h.

Fotos: Divulgação

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *