O desenvolvimento de Monster Hunter Rise começou com o 3DS, a equipe fez modificações no Generations Ultimate

A ascensão do caçador de monstros O diretor Yasunori Ichinose conversou recentemente com a revista japonesa sonho da nintendo para compartilhar alguns fatos sobre o desenvolvimento do jogo. Na verdade, o jogo começou a ser desenvolvido no 3DS, com uma pequena equipe experimentando mods para Monster Hunter Generations Ultimate.

A mesma parte da discussão também fornece informações sobre como a situação do COVID impactou o desenvolvimento.

Olhando para quando tudo começou, quando o processo de desenvolvimento começou?

Ichinose: Em entrevistas eu disse que foi há quatro anos, mas dado o tempo que passou desde então, acho que está mais perto de seis.

O desenvolvimento começou há seis anos?

Ichinose: Antes de Rise, ele estava no comando de Monster Hunter Generations, mas sua versão atualizada, Generations Ultimate, foi deixada para outro diretor. Naquela época, o Sr. Tsujimoto* disse que queria fazer um Monster Hunter portátil para o Nintendo Switch e o desenvolvimento começou a se mover nessa direção. Muitas vezes me pediram para ajudar com Generations Ultimate, então, em vez de um início de desenvolvimento completo, Rise começou com movimentos de pequena escala entre um pequeno grupo de pessoas.

*Fundador da Capcom Kenzo Tsujimoto

Sempre foi o plano trazer o jogo para o Switch?

Ichinose: Não tínhamos hardware de desenvolvimento na época, mas esse era o acordo que tínhamos com a Nintendo. O desenvolvimento do Generations Ultimate estava em pleno andamento, então no início havia apenas três pessoas na equipe: eu, o planejador líder e um programador. Não tínhamos um kit de desenvolvimento e, em vez disso, usamos um 3DS. Testamos Wirebugs e mecânicas que estavam em andamento desde o início do projeto, fazendo modificações no Generations Ultimate.

Você mencionou que o período de desenvolvimento foi de seis anos. Algum dos eventos recentes em todo o mundo afetou o desenvolvimento?

Ichinose: O ano fiscal após o desenvolvimento do jogo foi fortemente influenciado pelo COVID, quando o jogo foi lançado. A empresa não pôde trabalhar por cerca de dois meses e precisávamos urgentemente experimentar o que poderíamos fazer em casa. Tivemos reuniões, gravações e chats de vídeo e, nesse sentido, o trabalho que fazíamos mudou consideravelmente. Isso foi na época em que os dubladores também estavam filmando e, frustrantemente, a semana depois que o Sr. Kumoyuki fez a ligação para adiar as coisas foi quando o estado de emergência foi declarado. O cronograma mudou drasticamente e, tendo reorganizado tudo novamente, ainda conseguimos lançar em março, conforme planejado originalmente. A equipe trabalhou incrivelmente duro para tirá-lo da porta, mas tudo funcionou no último minuto.

Monster Hunter Rise está atualmente disponível no Switch. Sua expansão, Monster Hunter Rise: Sunbreak, também já está disponível.

Tradução fornecida pela Jarop em nome da Nintendo Everything.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.