O futebolista indiano Manisha Kalyan diz que dividir o campo com a Formiga foi ótimo

Há poucos dias, Manisha Kalyan colocou seu nome no livro dos recordes ao marcar o primeiro gol da Índia contra o Brasil na categoria sênior.

Manisha, natural de Mugowal, no distrito de Hoshiarpur, em Punjab, derrotou a goleira brasileira Letícia e fez o gol da empate para a Índia aos oito minutos da partida. Permaneceu 1-1 por uma boa meia hora. No entanto, a seleção indiana acabou perdendo por 1 a 6 em sua primeira partida do torneio internacional de quatro nações, em Manaus.

A seleção indiana de futebol feminino perdeu por 3 a 0 para o Chile na segunda partida de sua turnê brasileira, no sábado.

O Indian Express chegou ao extremo do talento. A jovem de 20 anos compartilhou sua visão sobre o gol histórico, dividindo o campo com seu ídolo Formiga, e o que a seleção indiana deve fazer para melhorar sua consistência globalmente.

Trechos:

Como você se sentiu quando a bola entrou no gol?

Foi bom depois de marcar um gol contra o Brasil. Mais importante ainda, foi um empate, por isso foi mais agradável. Quando comecei a correr com a bola, a defesa deles (Brasil) estava deslocada, então decidi chutar e entrei. Foi um momento de alegria para mim. Quero dedicar o gol aos meus companheiros. Trabalhamos duro dentro e fora do campo. Foi um esforço de equipa e por isso consegui fazer o golo graças à minha equipa.

Formiga é um grande modelo. Como foi dividir o campo com ela e quais conversas você teve com a lenda brasileira?

Foi uma ótima experiência dividir o campo com meu ídolo. Foi o jogo de despedida da Formiga. Depois do jogo, tirei uma selfie com ela e disse que ela é uma inspiração para mim. Formiga ficou surpreso por termos seguido seu jogo da Índia e também elogiou nossos esforços.

Como é treinar com um treinador como Thomas Dennerby e o que você aprendeu com ele?

O treinador Thomas nos ensinou muito. O aspecto técnico e também alguns conceitos básicos melhoraram muito com ele. Como equipe, melhoramos com ele e ele nos dá confiança, o que significa muito para mim.

Como está o clima no acampamento indígena após o jogo contra Brasil e Chile e qual a importância deste torneio para a seleção indiana?

Treinamos por quatro meses em Jamshedpur, Jharkhand e essa experiência foi ótima porque fomos capazes de preparar nossas forças mental e fisicamente. Esta turnê será benéfica para nós quando estivermos jogando na Copa da Ásia (ano que vem).

Ele marcou no campeonato de clubes da AFC e agora em uma partida internacional. Como você planeja dar continuidade a esse esforço para marcar gols?

Não se trata apenas de marcar gols. É um esforço de equipe. Se eu conseguir dar o último toque final e marcar, ótimo. Se eu puder preparar uma assistência para meus companheiros de equipe ou fazer um chute da linha de gol, ficarei tão feliz. É tudo pela equipe.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *