O Galaxy A52 não deve ter uma versão equipada com processador Exynos

Tudo sobre

Mais informações sobre o Galaxy A51

Ficha técnica

Espera-se que a Samsung atualize a linha Galaxy A muito em breve com os Galaxy A52 e A72 programados para o início de 2021. E, pela primeira vez, o modelo da série Galaxy A5x pode não ter uma versão com plataforma própria do sul-coreano.

A informação vem do site do Galaxy Club, que teria encontrado o modelo SM-A525F, em referência à variante 4G do Galaxy A52, no banco de dados Geekbench. E, assim como a versão 5G, o telefone voltado para mercados emergentes deve ter um chipset Qualcomm, apesar de ser outro modelo mais barato e só suportar a rede LTE.

Tanto o Galaxy A50 quanto o A51 trouxeram plataformas Exynos, incluindo a versão 5G do modelo 2020, que traz o Exynos 980, embora também haja uma variante com o Snapdragon 765G. Para os modelos 2021, parece que a Samsung vai apostar no Snapdragon 750G no modelo 5G e no Snapdragon 720G no modelo LTE, sendo este último o segundo com maior probabilidade de chegar ao Brasil.

Não é nenhum segredo que até mesmo alguns fãs sul-coreanos ficaram insatisfeitos com a diferença de potência e eficiência energética entre os modelos Snapdragon e Exynos do Galaxy S20. A Samsung já está trabalhando para melhorar seus processadores para o futuro e pode ter optado por não arriscar tecnologias não testadas na linha Android mais popular do mundo.

Curiosamente, a empresa já possui uma plataforma fabricada em 5 nm e com potência apenas para a gama Galaxy A52, o Exynos 1080, e até agora não há vestígios de nenhum telefone da empresa com este processador. É difícil acreditar que todo investimento em pesquisa e desenvolvimento em soluções para o lar chegou ao fim, mas não é hoje que a empresa testa recursos e mudanças nas linhas médias e depois os leva ao topo da linha da série.

O que esperar do Galaxy A52 4G

Assunção visual do GAlaxy A52 (Imagem: Reprodução / Steve Hemmerstoffer / OnLeaks)

O provável modelo a ser lançado no Brasil do Galaxy A52 deveria ter apenas um processador diferente para o modelo 5G, como já acontecia em 2020. Portanto, segundo rumores já conhecidos, o aparelho deverá manter a tela Super AMOLED de 6,5 polegadas e toda a câmera pareceria praticamente a mesma, mudando apenas a principal para 64 MP e adotando um ultra grande angular de 12 MP, uma macro de 5 MP e um sensor de profundidade de 5 MP.

Em termos de hardware, o teste de benchmark traz o modelo com Snapdragon 720G e 8GB de RAM, mas uma versão com 6GB também pode estar em desenvolvimento. O aparelho já deve sair de fábrica com Android 11 e possivelmente terá até três atualizações de sistema.

A aparência do dispositivo vazou na semana passada, e há apenas mudanças ocasionais na forma geral em comparação com o Galaxy A51. A Samsung ainda não anunciou a data de anúncio do novo modelo.

Fonte: Galaxy Club

Gostou deste artigo?

Assine seu e-mail no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas novidades do mundo da tecnologia.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *